Publicidade

Tudo sobre estudar alemão em Berlim
Estudo & Carreira

Tudo sobre estudar alemão em Berlim

Celso Celso Fernandes
7 de junho de 2021

Imagem: Stanislav Rozhkov

Se você mora ou pretende morar em Berlim, provavelmente precisará aprender alemão. Isso pode parecer óbvio, porém um final de semana na capital alemã é o suficiente para perceber quantos "berlinenses" simplesmente não dominam o idioma da cidade onde trabalham e moram. 

Neste guia, nós apresentaremos diferentes meios de aprender alemão em Berlim: escolas de idiomas, aplicativos de alemão, portais de tandem e muito mais. Também explicaremos como conseguir aulas de alemão gratuitas, então preste bem atenção e compartilhe esta matéria com outros interessados.

Por que estudar alemão em Berlim?

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Levin

Se você gostaria de transformar o aprendizado do idioma alemão numa experiência realmente inesquecível, então Berlim pode ser o destino ideal para você. A capital alemã é conhecida por ser uma cidade aberta, cosmopolita e super acolhedora. 

Em Berlim você encontra um número grande de escolas especializadas em ensinar qualquer idioma e bem preparadas para receber alunos do mundo todo. Além de contar com uma infra-estrutura nota dez, Berlim ainda esbanja uma história milenar com muitos dos mais importantes acontecimentos históricos dos últimos séculos tendo acontecido na cidade. 

Se isso não é o suficiente para te convencer, Berlim ainda conta com um número interessante de bares, boates, museus, parques e muitas outras opções de lazer para depois da aula. 

Vantagens de aprender alemão em Berlim

  • Muitas opções de escolas de idioma
  • Diversas opções de lazer
  • Muitas atrações culturais
  • Fácil acesso a diversas outras cidades europeias
  • Excelente infra-estrutura
  • Maior facilidade de fazer amigos
  • Ambiente internacional

Desvantagens de aprender alemão em Berlim

  • Escassez de vagas nos melhores cursos
  • Dificuldade de encontrar alojamento
  • Ambiente internacional
  • Muitas distrações
  • Muito diferente da realidade alemã

É necessário falar alemão em Berlim?

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim

Na verdade não. Como mencionamos acima, Berlim é uma cidade internacional, cosmopolita e muito aberta em comparação com outras regiões da Alemanha. Você pode morar em Berlim sem falar alemão quase que tranquilamente. 

Muitos alemães falam inglês. A maioria dos imigrantes fala inglês. Existem, também, muitos empregos para quem fala inglês em Berlim. Além do mais, você vai encontrar muitos médicos, advogados, contadores e bancos que atendem em inglês. Com o imenso aumento de imigrantes brasileiros em Berlim, agora é possível encontrar muitos profissionais brasileiros oferecendo todos os tipos de serviços em português.

Muitas pessoas vivem em Berlim há anos sem nunca dominar o idioma alemão, no entanto a vida de quem não fala alemão pode ser muito mais estressante:

  • Nem sempre é possível conseguir ajuda em inglês (ou português).
  • Muitos funcionários públicos falam apenas alemão, mesmo no escritório de imigração.
  • É impossível fazer perguntas, negociar ou resolver problemas pessoais sem ajuda.
  • Você ficará na mão de amigos que falam alemão para fazer ligações e escrever e-mails para você.
  • Grande parte da comunicação na Alemanha é feita por meio de cartas em linguagem de cartório. Se você não domina o idioma, sempre precisará de ajuda .
  • É mais difícil fazer amigos e ingressar em comunidades. Você ficará condenado(a) a viver numa bolha de estrangeiros.
  • É mais difícil encontrar um apartamento.
  • É mais difícil encontrar um emprego. Muitos empregos exigem alemão. 

Quem fala no mínimo o alemão básico terá menos problemas ao lidar com as situações citadas acima já que:

  • Você será capaz de resolver seus próprios problemas.
  • Você não precisará de ajuda para fazer ligações ou enviar e-mails.
  • Você poderá se integrar mais facilmente na comunidade.
  • Você será capaz de entender o que está acontecendo ao seu redor.
  • Você poderá ler placas, cartas e artigos de notícias.

Uma outra vantagem de aprender alemão, especialmente para quem opta por frequentar uma escola, é que as aulas de alemão podem ajudá-lo(a) a fazer amigos. Muito provavelmente as suas primeiras amizades na Alemanha serão os companheiros do curso de alemão. Anos mais tarde, quando você estiver 100% alemanizado, vai andar nas ruas e reconhecer na hora esses pequenos grupos de amigos do curso de alemão e terá boas lembranças de uma época difícil, porém superada!

Para estudar nas Universidades em Berlim

Algumas universidades de Berlim oferecem cursos superiores em inglês, mas a maioria esmagadora dos cursos são oferecidos apenas em alemão. Para cursar um curso superior em alemão, você terá que apresentar um certificado de idioma (DSH ou TESTDaf) comprovando que você possui nível C1. Esta página contém uma lista de centenas de cursos em inglês na cidade de Berlim.

Para obter visto de permanência

Um dos pré-requisitos para obter visto de permanência (Niederlassungserlaubnis) é a comprovação de no mínimo nível B1 de alemão (Fonte). 

Para obter cidadania alemã

Quem deseja obter cidadania alemã também precisa comprovar proficiência no idioma alemão. O nível mínimo exigido é o B1. O tempo mínimo de permanência necessário no país também é mais curto para quem domina o idioma (Fonte).

Tempo necessário para aprender alemão

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Daniel James

O idioma alemão é considerado um idioma difícil e os alemães curtem essa fama. Na verdade, para uma pessoa vinda de um idioma não relacionado (digamos chinês ou russo), provavelmente encontraria a mesma dificuldade para aprender o português. Dito isso, o alemão pode sim ser um idioma complicado, mas nada que você como falante da língua portuguesa não esteja acostumado(a). E agora conjugue aí o verbo “gerir” na forma segunda pessoa do plural no futuro do pretérito.

O aprendizado do idioma alemão é dividido em 6 níveis (Fonte). Os níveis são, então, divididos em duas sub etapas. Por exemplo, B1.1 e B1.2. Para saber seu nível, faça um teste de nivelamento online ou entre em contato com uma das escolas citadas abaixo: a maioria das escolas de idiomas pode fazer testes de nivelamento por telefone.

A1 - iniciante

Você conhece palavras e expressões básicas. Você formula frases muito simples para situações específicas. Você pode responder a perguntas simples sobre você ou fazer um pedido no restaurante.

A2 - Básico

Você entende algumas frases e expressões sobre família, compras, trabalho e orientações. Você já é capaz de manter conversas simples e diretas sobre determinados assuntos.

B1 - intermediário

Você pode entender o que as pessoas dizem quando falam em uma linguagem simples sobre determinados assuntos. Você já é capaz de fazer coisas como abrir uma conta bancária sem ajuda de um tradutor.

B2 - intermediário superior

Você pode compreender textos complexos e discussões complexas sobre tópicos que você entende. Você pode se expressar e ter uma conversa com falantes nativos de alemão.

C1 - Fluente

Você pode se expressar facilmente. Você não precisa pensar no que vai dizer. Você pode escrever textos sobre assuntos complexos. Muitos falantes nativos de alemão se encontram neste nível.

C2 - Mestre

Você fala e escreve melhor do que muitos falantes nativos. Você é capaz de ler e escrever textos acadêmicos.

Para completar cada nível, você precisa de 50 a 100 unidades de ensino (Unterrichtseinheit). Cada unidade de ensino tem duração de 45 minutos (Fonte) . Ao concluir um nível, você receberá um certificado.

Se você optar por um curso intensivo, poderá terminar cada nível em 4 a 8 semanas (Fonte). De fato, você estará falando alemão em apenas alguns meses. Esta é a situação ideal, porém a mais cara já que cada nível pode custar acima de 700 EUR

Se você só fizer uma ou duas aulas por semana, precisará de mais tempo. Neste caso, você provavelmente estará falando alemão em 2 ou 3 anos. Também depende de quanto você pratica. Se você só falar inglês ou português com seus amigos e colegas, vai demorar muito mais.

E agora a verdade chocante: se você não tiver aulas e não praticar, nunca aprenderá alemão de verdade.

Onde aprender alemão em Berlim

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Claudio Schwarz

Hoje em dia, com a digitalização dos serviços, ficou muito mais fácil aprender alemão online antes mesmo de deixar o Brasil. Uma vez na Alemanha, você pode optar por continuar o aprendizado online ou frequentar uma escola. Algumas empresas também oferecem aulas de alemão para seus funcionários diretamente no local de trabalho. 

Aprender alemão no trabalho

Como mencionamos anteriormente, muitos empregadores financiaram suas aulas de alemão. Alguns até oferecem aulas de alemão no escritório. Neste caso, você aprende alemão com seus colegas de trabalho gratuitamente. Os grupos geralmente são muito pequenos: 2 a 6 pessoas.

Você também pode tirar uma licença educacional (Bildungsurlaub). Você pode tirar até 5 dias pagos para obter qualquer tipo de treinamento. Neste caso, você financia as aulas, mas seu empregador continua pagando seu salário.

Escolas de idioma públicas

Goethe Institut

Provavelmente a escola de alemão mais famosa do mundo é o Instituto Goethe,  uma associação cultural alemã sem fins lucrativos. Eles oferecem aulas online e offline.

Volkshochschule (VHS)

As escolas comunitárias (Volkshochschule) estão espalhadas por toda a Alemanha e são uma espécie de SENAC alemã. Eles oferecem aulas de alemão em regime noturno e intensivo. Para ingressar no curso, você precisa fazer um teste de nivelamento. As aulas da Volkshochchule são extremamente eficientes, porém muito procuradas.  É preciso reservar com alguma antecedência já que as vagas para os níveis básicos esgotam rapidamente. 

Cursos de integração

Se você está vindo para a Alemanha por motivos de casamento, refúgio ou migrando de um outro país da UE, você poderá frequentar um curso de integração custeado pelo governo. Entre neste site para mais detalhes.  

Escolas de idioma particulares

As escolas particulares de idiomas têm grupos menores: 7 a 15 pessoas. Às vezes, eles oferecem serviços especiais como acomodação ou ajuda de relocação. Algumas escolas também oferecem aulas de alemão para negócios e aulas particulares individuais.

Abaixo você encontra uma lista das principais escolas particulares de Berlim. A maioria delas também oferece aulas online.

Anda Sprachschule

A Anda fica localizada em Wedding e oferece aulas intensivas. Aulas particulares também estão disponíveis.

Deutsche Akademie für Sprachen

A escola fica localizada em Prenzlauer Berg. Aulas particulares estão disponíveis, assim como cursos intensivos.

DeutSCHule

A DeutSCHule oferece aulas intensivas em Neukölln.

Expath

A escola Expath oferece aulas regulares e intensivas de alemão nos bairros de Prenzlauer Berg e Neukölln. Aulas particulares estão disponíveis. Eles também oferecem serviços de realocação. 

Escola de Línguas GLS

A GLS oferece aulas regulares e intensivas de alemão no bairro de Prenzlauer Berg. Aulas particulares estão disponíveis. Eles também oferecem acomodação e acampamentos de verão para crianças e adolescentes.

Kapitel Zwei

A Kapital Zwei oferece aulas regulares e intensivas de alemão em Kreuzberg. Aulas particulares estão disponíveis. Eles também oferecem acomodação.

Speakeasy

A escola Speakeasy oferece cursos regulares, intensivos e superintensivos no bairro de Friedrichshain. Aulas particulares estão disponíveis. Eles também podem ajudar com o seu pedido de visto de idioma. Às vezes, eles organizam workshops e eventos.

Sprachenatelier

O Sprachenatelier oferece cursos regulares e intensivos em Friedrichshain. Aulas particulares estão disponíveis. Eles oferecem cursos de verão e viagens de aprendizagem de línguas para Berlim.

Sprachsalon Berlin

A escola Sprachsalon está localizada no bairro de  Kreuzberg e oferece cursos regulares e intensivos. Grupos de 6 a 12 pessoas. Aulas particulares estão disponíveis. Eles também hospedam eventos.

Sprachinstitut Berlin

A Sprachinstitut oferece aulas regulares e intensivas de alemão no bairro de Mitte. Grupos de 4 a 8 pessoas. Aulas particulares estão disponíveis. Eles oferecem treinamento de pronúncia e outras aulas especiais.

Aulas individuais particulares

Se você prefere um atendimento mais personalizado ou possui recursos para complementar os ensinamentos do curso com uma seção para esclarecer dúvidas, então contrate um professor particular. Desta forma, você irá aprender muito mais rápido e poderá pular tudo que você já entende. 

Como vimos acima,  a maioria das escolas particulares oferece aulas particulares, porém aqui vão algumas opções online.

Preply (cerca de 18 € por aula)

Este é o nosso método preferido de aprender qualquer idioma. Basta acessar o portal, escolher um tutor e começar a sua jornada. Você pode fazer uma aula gratuita antes de ficar com um tutor ou tutora. É possível filtrar por idioma, preço e objetivo de aprender o idioma. A desvantagem deste método é que os tutores não podem emitir certificados, porém eles podem te ensinar muitas coisas do cotidiano que não estão nos livros. 

Italki

A Italki é semelhante ao Preply. Você recebe vídeo aulas individuais de professores de alemão. Cada professor cobra uma taxa diferente.

Lingoda (35 € por aula)

A Lingoda permite que você faça vídeo aulas com um professor. Você pode ter aulas individuais ou ingressar em um grupo de 3 a 5 pessoas. Em alguns aspectos, a Lingoda é inferior ao Preply: a plataforma é pior, você não consegue manter os mesmos professores, é mais difícil cancelar as aulas e é quase duas vezes mais caro. A vantagem é que você recebe um certificado ao concluir um nível.

Aprender alemão online

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Gero Camp

Hoje em dia existem muitas oportunidades de aprender alemão online. Abaixo você encontra uma listagem das principais ofertas de escolas, aplicativos e portais de ensino. Voltamos a frisar que a maioria das escolas particulares citadas acima também oferecem aulas online.

Belinguas (a partir de 199 € por módulo)

A Berlinguas é uma excelente escola de idiomas fundada pelo brasileiro Marco Ryan e sua esposa. Eles oferecem serviços de tradução, ensino de alemão para brasileiros em todos os níveis, individuais ou em grupos de até 10 alunos. Você receberá um certificado de participação ao concluir cada módulo.

Babbel (entre 7 € e 13 € mensais)

A Babbel é um programa para o ensino de idiomas. Você aprende em módulos e por conta própria a gramática e o vocabulário.

Duolingo (grátis)

O Duolingo é um famoso aplicativo de aprendizagem de línguas. É mais interessante do que Babbel, mas o aplicativo móvel não explica a gramática muito bem. Achamos o Duolingo muito limitado. Em vez dele, recomendamos o Babbel ou Preply.

Cursos de alemão da DW (grátis)

Se você está apenas começando a sua jornada no aprendizado do alemão ou ainda está cogitando a possibilidade de aprender, dê uma conferida nos cursos online da emissora Deutsche Welle. Eles oferecem áudios e PDFs para aprendizado em todos os níveis. 

Aprender alemão com tandem

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Dima Kolesnyk

Outra forma interessante de aprender alemão é através de tandems. Em um tandem de idiomas, você ensina seu idioma a alguém, e eles te ensinam o idioma deles. Este sistema permite que você aprenda e pratique um idioma enquanto faz amigos ao mesmo tempo. Abaixo listamos alguns links para encontrar tandem em Berlim.

Workshops e eventos

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim

As escolas Speakeasy e Sprachsalon Berlin costumam organizar eventos relacionados ao aprendizado do alemão. Fique de olho, também, na plataforma Meetup.com para descobrir mais eventos de idioma em Berlim. 

Como pagar menos por aulas de alemão

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Sharissa Johnson

Aulas de alemão intensivas são as mais eficientes, porém tais cursos podem sair muito caro. O investimento para atingir nível B1 dentro de 6 meses pode ultrapassar os 2.000 €, sem contar os custos com livros, alimentação, etc. Abaixo listamos algumas dicas de como baratear o seu aprendizado.

Converse com o seu empregador

Se você trabalha para uma empresa na Alemanha, é bem possível que a sua empresa esteja disposta a custear uma parte do seu curso de alemão. Muitas empresas possuem, inclusive, um orçamento para isso. Converse com os seus superiores sobre o assunto.

Voucher de treinamento (Bildungsgutschein)

Se você estiver morando legalmente na Alemanha, o Bundesagentur für Arbeit pode pagar por suas aulas de idiomas. Principalmente se você estiver desempregado(a) ou em risco de perder o emprego (Fonte). Este voucher permite que você faça aulas de alemão gratuitamente. Muitas escolas particulares não aceitam vouchers de treinamento. 

Veja também: Lista de escolas que aceitam o Bildungsgutschein

Observe que o Bildungsgutschein é uma opção para quem já possui permanência na Alemanha ou já trabalha no país há um tempo. Se você está vindo como turista ou com visto de aprender idiomas, provavelmente seu pedido será negado.

Bônus de treinamento (Bildungsprämie)

Uma alternativa ao Bildungsgutschein, é o Bildungsprämie. O governo alemão poderá pagar metade dos custos do seu curso de idiomas. Eles pagam até 500 € por ano (Fonte) para quem atende os seguinte requisitos:

  • Trabalhar no mínimo 15 horas por semana ou está em licença maternidade/paternidade (Elternzeit)
  • Possui renda bruta anual abaixo de 20.000 euros por ano. Caso você seja casado(a), a renda bruta combinada do casal não pode ultrapassar 40.000 euros por ano.

Se este for o seu caso, você pode dar entrada no bônus em qualquer um dos centros de aconselhamento.

Bolsa DAAD

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) oferece uma bolsa de estudos (Stipendium) para a realização de um curso intensivo de verão de alemão. Você pode encontrar mais bolsas de idiomas diretamente nos bancos de dados da instituição ou aqui.

Férias educacionais (Bildungsurlaub)

O Bildungsurlaub (ou férias educacionais) é um direito concedido a trabalhadores em 14 dos 16 estados alemães (Fonte). Durante as suas férias educacionais, o seu empregador continua pagando o seu salário.

Em Berlim, quem trabalha em tempo integral, pode tirar até 10 dias de licença educacional a cada dois anos (Fonte). Trabalhadores com menos de 26 anos, podem tirar 10 dias a cada ano (Fonte). Você deve ser funcionário da empresa há pelo menos 6 meses (Fonte). Você deve se inscrever pelo menos 6 semanas antes de sua licença e a licença deve durar pelo menos 1 dia (Fonte).

A licença para estudar é um direito que precisa ser respeitado pelo seu empregador, a menos que isso entre em conflito com as operações da empresa, ou se mais de 50% dos funcionários estiverem em Bildungsurlaub.

Para obter o benefício, é necessário estar matriculado numa escola pública ou comunitária (como a Volkshochschule), uma universidade pública (Hochschule) ou uma escola particular reconhecida. A grande maioria das escolas particulares de idiomas de Berlim são reconhecidas. Neste link, você encontra uma listagem completa dos cursos reconhecidos. 

Caso o seu curso não conste no link acima, você precisará dar entrada num pedido especial. Este é frequentemente o caso, quando deseja-se fazer um curso no exterior, por exemplo.

Links úteis

Dedução fiscal

Infelizmente não é possível deduzir os custos com cursos de alemão dos seus impostos (Fonte). Caso você seja autônomo(a), é possível conseguir pelo menos a devolução do IVA (Imposto sobre Valor Agregado) cobrado pelo curso.

Se você aprender outro idioma (como espanhol ou italiano) que seja necessário para o seu trabalho, você poderá declarar os gastos como despesa de trabalho (Werbungskosten).

Visto para aprender alemão em Berlim

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Fionn Grosse

Se você pretende estudar alemão na Alemanha por um período maior do que 90 dias, será necessário obter um visto para este fim. É importante notar que esta modalidade de visto é concedida apenas para cursos de regime intensivo em instituições reconhecidas (Fonte). 

Um curso intensivo é aquele que oferece, no mínimo, 18 horas de aulas de alemão por semana. Cursos de final de semana ou noturnos não se encaixam nesta categoria. Também não pode se tratar de um curso de integração para estrangeiros que já residem na Alemanha.

Para dar entrada no visto, você precisa dirigir-se a representação alemã mais próxima da sua cidade e apresentar os seguintes documentos:

  • Passaporte com validade de no mínimo 6 meses
  • Formulário preenchido
  • 2 fotos biométricas atuais (3,5 x 4,5 cm com fundo claro)
  • Dados completos do endereço de referência na Alemanha (por exemplo, pessoa que o convidou, pessoa de contato na escola de idiomas ou na residência estudantil)
  • Carta confirmando a inscrição em um curso intensivo de alemão em uma escola de idiomas na Alemanha com cabeçalho da escola de idiomas e menção da duração e intensidade do curso de alemão
  • Carta pessoal simples em língua alemã em que você descreve o objetivo pretendido do curso de idioma na Alemanha
  • CV extenso em língua alemã ou com tradução para o alemão
  • Comprovante de seguro saúde
  • Histórico acadêmico
  • Comprovante de financiamento (Conta bloqueada ou carta de anfitrião)


Leia também: Guia completo sobre conta bloqueada na Alemanha

Se você pretende estudar na Alemanha após concluir o seu curso de idiomas, terá que apresentar mais documentos. Veja aqui a lista completa de documentos

Se você precisa de ajuda para abrir conta bloqueada, contratar um seguro saúde confiável e que ofereça a melhor cobertura, confira o pacote de vantagens da Expatrio. Eles oferecem suporte garantido e ainda devolvem todo o seu dinheiro caso o seu visto não seja aprovado. 

Confira o pacote de vantagens agora

Como foi a minha experiência

tudo-sobre-estudar-alemao-em-berlim
Créditos: Pim Menkveld

Inicialmente, este guia era pra ter sido escrito como um memoir de tudo que aprendi e passei nos meus meses iniciais na Alemanha. Uma coisa foi levando a outra e o texto acabou tomando um tom mais didático (uma tendência aqui no blog). Apesar disso, gostaria de compartilhar algumas dicas pessoais com vocês. 

Eu vim para a Alemanha com visto para estudar alemão em julho de 2007. Naquela época, tudo parecia mais fácil: os cursos eram mais baratos, os vistos tinham menos requisitos e os aluguéis eram bem mais baixos. Berlim foi a primeira cidade que pisei na Alemanha, porém meu destino acabou sendo Braunschweig.

A minha jornada no aprendizado do idioma alemão começou em 2005, quando contratei o professor particular Reinhard Schachinger que há anos mora e ensina no Rio de Janeiro. Com ele, aprendi o básico do alemão e 2 anos depois quando cheguei na Alemanha pude iniciar no nível de B1 na VHS. Sem querer, esta estratégia de combinar aulas particulares com curso intensivo na Alemanha, favoreceu demais o meu aprendizado. Comecei o nível B1 em julho de 2007 e em dezembro do mesmo ano passei na prova DSH para dar continuidade aos meus estudos de engenharia aqui na Alemanha. 

A VHS foi uma excelente escola para a qual devo uma grande parcela do meu sucesso na prova do DSH. Os professores foram extremamente competentes e falavam alemão com os alunos desde o primeiro dia (independente do nível). 

Hoje, 14 verões depois, o desafio de aprender alemão já foi há muitos anos vencido e tenho buscado novos desafios. Estou atualmente dando continuidade aos meus estudos de chinês mandarim que comecei durante os meus anos na China. 

O grande problema de aprender um idioma muito diferente do seu é que depois de uma certa idade, após uns 2 anos aprendendo, você chega num patamar que não consegue mais perfurar. Você fica ali anos e anos e se não fizer nada a respeito, a sua competência no idioma nunca irá melhorar. 

Para tentar vencer a estagnação que estou vendo no meu chinês, tenho trabalhado com uma mistura de tandem e aulas online. Encontrei uma tutora na plataforma Preply com a qual faço aulas de conversação regularmente.  Para dar um gás adicional, em breve farei um intensivão de 1 mês na China. 

Se você está vivendo uma situação semelhante e por isso pretende vir estudar intensivo na Alemanha, faça aulas particulares anteriormente para conhecer a estrutura do idioma. Se você conseguir isso, certamente irá tirar um maior proveito do curso intensivo na Alemanha.  

Encontre agora um tutor de alemão

O que é o Haftpflichtversicherung na Alemanha?
Turismo em Braunschweig
Celso Fernandes
Celso Fernandes
Autor
Engenheiro, empreendedor e programador de fim de semana.  Natural de Petrópolis, RJ. Trinta e poucos anos de idade e há dez anos vivendo na Alemanha. Escreveu o primeiro post no Batatolandia em 2008 e desde então não parou mais.

Comentários