Publicidade

Universidade de Heidelberg: uma das melhores da Alemanha
Estudo & Carreira

Universidade de Heidelberg: uma das melhores da Alemanha

Mariana Mariana Eberhard
17 de outubro de 2021

Imagem: iStock

A Universidade de Heidelberg foi fundada em 1386 e é hoje uma das mais procuradas por alemães e estrangeiros. Em 2021, a universidade celebra seu 635º aniversário e se mantém como referência em pesquisa e ensino.

A universidade é uma das mais antigas da Alemanha e está localizada na cidade turística de Heidelberg, famosa pelo seu castelo. Hoje, a Heidelberg detém o status de cidade universitária, tamanho o número de alunos da universidade.

Estudar na Universidade de Heidelberg

universidade-de-heidelberg-uma-das-melhores-da-alemanha
Créditos: iStock

A Universidade de Heidelberg tem como nome completo Ruprecht-Karls-Universität Heidelberg e é uma das mais disputadas da Alemanha, com uma taxa de aceite de apenas 16%.

Mesmo assim, o número de alunos é enorme. Apenas em termos de doutorandos, cerca de 1.000 novos PhDs são formados todos os anos pela universidade.

Entre o número total de estudantes, incluindo graduação, mestrado e doutorado, cerca de 20% são estrangeiros.

No entanto, a imensa maioria dos cursos é ensinada em alemão, por isso, antes da matrícula, é necessário ser aprovado no Deutsche Sprachprüfung für den Hochschulzugang (DSH), o exame de alemão para entrada no ensino superior.

Já a vida universitária é, como em outras instituições, regada a festas e com uma vida social intensa. Heidelberg também é famosa por seus cafés e restaurantes, que atraem boa parte dos estudantes.

Reconhecimento internacional da Universidade 

Pela ênfase à pesquisa dada pela instituição, entre os egressos da Universidade de Heidelberg estão 55 ganhadores do Prêmio Nobel.

Além disso, a Universidade tem classificação alta em quase todos os rankings internacionais. Os resultados de 2021 são:

  • 63ª melhor universidade do mundo e a 9ª melhor universidade da Europa pelo Quacquarelli Symonds (QS);
  • 42ª melhor do mundo e 6ª na Europa pelo Times Higher Education World University Rankings;
  • 57ª melhor do mundo e 3ª da Alemanha pelo Academic Ranking of World Universities (ARWU), também conhecido como Ranking de Xangai;
  • 198ª melhor do mundo e 6ª melhor da Alemanha pelo UniRank.

Como é a Universidade de Heidelberg? 

A Universidade de Heidelberg está dividida em dois campi principais, que também dividem as áreas de estudo.

Uma exceção é a Faculdade de Física e Astronomia, que não está localizada em nenhum dos campi, mas na Caminhada dos Filósofos, uma rota famosa e turística separada da Cidade Velha pelo Rio Neckar.

Campus da Cidade Velha

A chamada Universidade Nova é considerada como o centro do Campus da Cidade Velha, situada na Universitätsplatz (Praça da Universidade), nas proximidades da Biblioteca da Universidade e dos principais edifícios administrativos. 

A Universidade Nova foi oficialmente inaugurada em 1931 e abriga o novo salão de reuniões, os maiores salões de conferências e uma série de salas de seminários menores, a maioria utilizada por faculdades de humanidades e ciências sociais. 

Os cursos de ciências humanas e sociais acontecem em grande parte em edifícios espalhados pela parte antiga da cidade, embora a maioria esteja a menos de dez minutos a pé da Praça da Universidade.

Neuenheimer Feld – Novo Campus

Nos anos 60, a universidade começou a construir um novo campus perto do distrito da cidade de Neuenheim, o chamado Neuenheimer Feld. É hoje a maior parte da universidade e o maior campus de ciências naturais e da saúde da Alemanha. 

Quase todas as faculdades e institutos de ciências, a faculdade de medicina, o Hospital Universitário de Heidelberg e o ramo de ciências da Biblioteca da Universidade estão situados no Novo Campus. 

A maioria dos dormitórios e as instalações atléticas da universidade também estão ali.

Vários institutos de pesquisa independentes, tais como o Centro Alemão de Pesquisa do Câncer e dois dos Max-Planck-Instituts se estabeleceram lá.

Campus Bergheim

O Campus de Bergheim abriga a Economia e as Ciências Sociais, e Bergheim está localizado na antiga clínica Ludolf Krehl, no subúrbio da cidade de Heidelberg-Bergheim. 

Desde março de 2009, o edifício abriga os institutos de economia, ciência política e sociologia (juntos à Faculdade de Economia e Ciências Sociais da Universidade de Heidelberg) que anteriormente residiam no campus da Cidade Velha. 

O campus de Bergheim abriga ainda um anfiteatro para palestras, várias salas de seminários, as mais modernas bibliotecas universitárias e um café.

Bacharelado na Universidade de Heidelberg

Dentro destes três campi existem 12 faculdades na Universidade de Heidelberg, que oferecem cursos em mais de 100 disciplinas em níveis de graduação e pós-graduação.

Essas faculdades são:

  • Estudos Comportamentais e Sociais.
  • Biociências.
  • Química e Ciências da Terra.
  • Economia e Ciências Sociais.
  • Direito.
  • Matemática e Ciências da Computação.
  • Filologia moderna.
  • Filosofia.
  • Faculdade de Física e Astronomia.
  • Faculdade de Teologia.
  • Faculdade de Medicina de Heidelberg.
  • Faculdade de Medicina de Mannheim.
  • Faculdade Heidelberg de Estudos Judaicos.

O sistema de bacharelado da Universidade de Heidelberg é em porcentagem, onde os estudantes podem se formar em uma faculdade com 100%, ou duas com 50% cada. Há ainda a possibilidade de adquirir um bacharel com 75% e outro com 25%.

No final, a chamada tese de bacharelado deve ser apresentada. 

Os títulos obtidos podem ser Bacharel em Artes (BA) nas Ciências Humanas e Sociais, e Bacharel em Ciências, nas outras faculdades.

Mestrado na Universidade de Heidelberg

A Universidade de Heidelberg possui ainda diversos programas de mestrado com duração de quatro semestres ou menos.

Os títulos mais frequentemente obtidos são os de Master of Science (M.Sc.) ou Master of Arts (MA).

Há três tipos de programas de mestrado na Universidade de Heidelberg: consecutivos, não consecutivos e educação continuada.

  • O Programa de Mestrado Consecutivo segue imediatamente um de Bacharelado anterior.
  • O Programa de Mestrado Não-Consecutivo é um programa para o qual não há Bacharelado correspondente dentro da Universidade.
  • Por fim, o Programa de Educação Continuada requer como pré-requisito para a participação ao menos um ano de experiência profissional.

Doutorado na Universidade de Heidelberg

Quem deseja fazer um doutoramento na Universidade de Heidelberg pode entrar em um programa específico para a área.

Este é o chamado Doutorado Estruturado, onde o aluno participa de disciplinas e/ou pesquisa científica orientada por um professor da universidade.

Já o Doutorado Individual é uma forma de obter um título com orientação de um professor da universidade realizando pesquisa própria.

Nos dois casos, o primeiro passo é entrar em contato com algum professor da sua área de interesse e verificar a possibilidade de uma orientação formal.

A Universidade de Heidelberg em números

A Universidade de Heidelberg tem um orçamento anual de 461 milhões de euros, sem contar a faculdade de medicina.

A universidade emprega mais de 15.000 funcionários acadêmicos; a maioria deles são médicos trabalhando no Hospital Universitário. 

Números de 2008 indicam que o corpo docente engloba 4.196 funcionários em tempo integral, excluindo os professores visitantes, assistentes de pesquisa e ensino de pós-graduação. 

A Universidade de Heidelberg também atrai mais de 500 bolsistas internacionais como professores visitantes a cada ano acadêmico. 

A universidade tem um total de 26.741 estudantes matriculados, incluindo 5.118 estudantes internacionais. 

Por ano, 3.105 estudantes trabalham por um doutorado, incluindo 1.004 estudantes de doutorado internacional.

Quais os melhores cursos da Universidade de Heidelberg?

universidade-de-heidelberg-uma-das-melhores-da-alemanha
Créditos: Mnyar Samir

De acordo com o site alemão StudyCHECK, os melhores cursos da universidade de Heidelberg são:

  1. Medicina (Campus de Heidelberger);
  2. Licenciatura em Geografia (B.A.);
  3. Medicina (Campus de Mannheim);
  4. Licenciatura em Física (B.Sc.);
  5. English Studies/Anglistik Lehramt (B.A.).

Como se candidatar à Universidade de Heidelberg?

Para se matricular em um curso de graduação, o aluno brasileiro precisa ter a qualificação necessária para estudar na Alemanha, o que seria equivalente ao Abitur.

Se, no momento de validar o diploma de ensino médio, for verificada a falta de créditos ou horas/aula,é preciso passar no teste do Internationales Studienzentrum faz parte da Universidade de Heidelberg

Caso você não passe no teste, é preciso frequentar o Studienkolleg da Universidade Heidelberg.

Além disso, é preciso ter conhecimento avançado da língua alemã.

Por fim, o processo de admissão pode ser diferente dependendo da disciplina desejada. Cursos como música e artes exigem a realização de testes práticos para admissão.

O período de inscrição para os cursos de graduação da Universidade de Heidelberg vai de maio a 15 de julho para o semestre de inverno, e de novembro a 15 de janeiro para o semestre de verão.

As inscrições para os cursos de graduação - com exceção dos mais concorridos, como medicina ou farmácia - devem ser feitas online por meio do site para estudantes internacionais.

O PDF gerado no site deve ser impresso, assinado pelo candidato e enviado para a universidade com todos os documentos necessários antes do término do prazo.

Quanto custa estudar na Universidade de  Heidelberg?

A taxa de matrícula por semestre da Universidade de Heidelberg é diferente para alunos da União Europeia e alunos internacionais.

Alunos alemães e com cidadania da UE pagam apenas €152.30 por semestre.

Já os alunos de graduação de fora da UE devem pagar €1.500 por semestre. A regra mudou no semestre de inverno de 2017/18, quando os estudantes internacionais tiveram a taxa de matrícula por semestre aumentada, tanto para programas de bacharelado quanto os de mestrado consecutivos.

Como conseguir bolsa na Universidade de Heidelberg?

Estudantes de graduação que já vivem há algum tempo na Alemanha e pretendem continuar no país podem aplicar para o BAföG, um crédito fornecido pelo governo que deve ser pago depois da conclusão do curso.

Já estudantes de mestrado e doutorado têm a opção de se inscrever para uma bolsa do Deutscher Akademischer Austausch Dienst (DAAD). Neste link é possível fazer uma busca geral entre todas as bolsas oferecidas.

Vale a pena estudar na Universidade de Heidelberg?

universidade-de-heidelberg-uma-das-melhores-da-alemanha
Créditos: Laura Lauch

A Universidade de Heidelberg é uma das mais conceituadas da Alemanha e do mundo, no entanto, o preço por semestre é salgado e isso pode ser um impedimento para alunos brasileiros.

Se há possibilidade de conseguir uma bolsa e há interesse em seguir carreira científica, vale muito a pena estudar em Heidelberg. 

O fato de o ensino ser todo em alemão também garantirá que você vai sair com um nível do idioma muito próximo ao dos nativos.

E além da qualidade do ensino e de sair com diploma que abrirá muitas portas, a vida universitária é famosa. Você fará muitos amigos com certeza!

Férias em Hvar: o guia definitivo
[Cheatsheet] : Regras de ciclismo na Alemanha
Mariana Eberhard
Mariana Eberhard
Autor
Mariana Eberhard vive em Berlim, onde conclui um Ph.D. em sociologia do turismo. É jornalista e socióloga por formação, e atualmente é escritora e tradutora freelancer – traduzindo do Inglês, Espanhol e Alemão para o Português. Em seu tempo livre ela gosta de ler, perder tempo vasculhando a Netflix e descobrir os segredos da cidade onde mora.

Comentários