Meus favoritos ( 0 )
Die Flora - Der Botanische Garten Köln
Destinos

Die Flora - Der Botanische Garten Köln

Tatiana Tatiana Vieira
27 de outubro de 2017
0

A Flora e Jardim Botânico de Colônia, como assim conhecemos hoje, até o ano de 1920 eram separadas.  O jardim remonta a 1863, quando uma sociedade anônima privada foi organizada para criar o Parque Flora [ "Flora Park" ], como um substituto para o antigo jardim botânico da cidade, localizado próximo da Catedral de Colônia, e que foi destruído em 1857 para a construção da estação ferroviária central [ "Köln Hauptbahnhof" ].

Projetado por Peter Joseph Linné, em 1864, o Parque Flora atrai muitos visitantes diariamente por ser um parque municipal gratuito e estar no complexo junto ao Jardim Zoológico de Colônia. Possui um estilo alemão eclético, incorporando um pouco do barroco francês, do renascimento italiano e dos jardins ingleses. Hoje o Jardim Botânico conta com mais de 10.000 tipos de plantas, além de sua coleção de magnólias, rododendros, coníferas jardim de plantas medicinais.

Em sua área principal está a estrutura de um palácio de vidro [ Orangerie ] de ferro fundido e vidro modelado, baseando-se no Palácio de Cristal de Londres e no Jardin d'hiver de Paris. O local abrigou diversas exposições durante o século XIX, que incluem exposições de horticulturas em 1875 e 1888 e uma exposição industrial em 1889. Além do Frauen-Rosenhof, um jardim no estilo art nouveau, criado em 1906. O palácio possui salas para concertos e shows e um bar com mesas ao ar livre no Verão. Perfeito para passar uma tarde leve e ler um livro.

Entre 1912 e 1914, uma vez com problemas financeiros, o jardim foi adquirido pela administração municipal, que em 1914 construiu um jardim botânico adjacente de quase 5 hectares  hectares, num total de 11,5 atualmente. Estes dois jardins foram unidos em 1920, com novas estufas e casas de exposições de plantas exóticas e tropicais foram adicionados em 1950.

O Flora Parque foi restaurado em 1987 e hoje contém um jardim renascentista italiano com pérgulas de carpas, cascata e o Flora Templo, rodeado por jardins no estilo inglês, bem como o Jardim Urze, o Jardim Samambaia, o Jardim Fragrância, o Jardim Mediterrâneo e uma lagoa. Ele também contém um número notável de árvores, algumas datando de criação do jardim e mais de 60 espécimes foram designadas como monumentos naturais.

Além das flores e diversas plantas, o espaço possui um programa específico, com diversos eventos para quem deseja se aprofundar no idioma alemão e no tema específico.

Galeria

Visitação

A visitação à Flora e Jardim Botânico de Colônia é gratuita e o passeio dura em média 2 h.

Verão: das  8 h às 21 h.

Inverno: das 8 h às 19 h.

verifique os horários no site oficial a fim de se atualizar sobre possíveis alterações e horário de visitação das estufas

Como chegar

Alter Stammheimer Weg
50735 Köln

Estações de acesso via metrô

Florastraße linhas 15 e 12

Zoo/Flora linha 18

Atenção que o local possui dois portões de acesso. Pela entrada principal a estação é Florastraße, linhas 15 e 12. Caso deseje acessar pela entrada que também dá acesso ao Köln Zoo, fundos da Flora, a estação é a Zoo/Flora, linha 18 e sai direto da Köln Hauptbahnhof  e a viagem dura em média 6 minutos.

Website

www.botanischergarten-koeln.de

Detalhes

  • 1
  • Gratuito
  • 1
  • 1
  • Não disponível
  • Horários
    Segunda-Feira: fechado
    Terça-Feira: fechado
    Quarta-Feira: fechado
    Quinta-Feira: fechado
    Sexta-Feira: fechado
    Sábado: fechado
    Domingo: fechado

Localização

1

Merenda na Alemanha: O que colocar na merendeira do meu filho?
[Especial Halloween] : 5 Lugares mal-assombrados na Alemanha
Tatiana Vieira
Tatiana Vieira
Autor
Tatiana Vieira é Designer Gráfica, de Moda e Ilustradora. Tem a mochila sempre nos ombros - seu studio-capsula -, onde elabora projetos pela Etérea Design. Observa tudo com seus olhos grandes, tal qual o mundo, que ela vê como o seu quintal, terreno fértil de inspiração em que divide diariamente suas experiências no projeto "O Mundo é o Meu Quintal", onde ocorrem "As Viagens de Süssie".

Comentários

Cadastro