Meus favoritos ( 0 )
Tudo que você sempre quis saber sobre a língua alemã
Estudo & Carreira

Tudo que você sempre quis saber sobre a língua alemã

Celso Celso Fernandes
25 de novembro de 2018
622
0

Imagem: Aneta Pawlik @ Unsplash

Já faz um bom tempo que não publicamos nada sobre o idioma alemão. Aliás, a última matéria relacionada ao nosso caso de amor e ódio que temos com este idioma foi publicada há dois anos! Não é que nós não gostamos de falar do idioma e sim porque não temos como mencionar o idioma sem falar da dificuldade de aprendê-lo.

O famoso autor americano Mark Twain uma vez disse: “Eu não sabia para que servia a eternidade, mas agora sei que serve para dar-nos uma chance de aprender alemão”. Eu pessoalmente discordo. Na minha opinião, aprender alemão tem que ser que nem pular numa piscina num dia frio ou tentar dispensar testemunhas de jeová na porta da sua casa. Ambas as coisas precisam ser feitas à moda „vapt-vupt“. Se você parar 2 segundos para pensar, você já perdeu.

Qualquer um que tenha sido corajoso o suficiente para aprender o idioma de Schiller e Goethe, se identificará muito com o que se segue. Mas para aqueles que não são suficientemente corajosos para mergulhar na linguagem complexa da Alemanha, este é um gostinho do que está por vir.

Lógica e precisão

Uma grande vantagem de aprender alemão é o aumento da capacidade de ser preciso e pensar de forma lógica. Apesar de toda a sua complexidade, o idioma alemão é extremamente lógico e muitas palavras que parecem imensas são apenas composições uma das outras para aumentar o grau de precisão. Por exemplo, Eingang e Einfahrt ambos significam „entrada”, porém uma é entrada utilizada apenas por pedestres e outra é utilizada apenas por veículos. Desta forma, ao utilizar uma palavra ou outra, já fica indiretamente claro para o ouvinte se você chegou em tal lugar a pé ou de carro, por exemplo.

Aumento da capacidade de cognição

Uma coisa que você já deve saber é que o idioma alemão possui um número relativamente grande de palavras longas. De fato, o comprimento médio de uma palavra alemã é de 10,6 letras e a palavra mais longa já composta é de 80 letras. Preparados? Aí vai:

Donaudampfschifffahrtselektrizitätenhauptbetriebswerkbauunterbeamtengesellschaft

A palavra acima é uma rara excessão e não adianta colar no Google Translator, que diante de tal tamanho até o Google Translator peida. Para começar a entender uma palavra deste porte, o seu cérebro tem que estar treinado para “dividir e conquistar”. Isto significa que com o tempo você começa a identificar as palavras compostas e as interpreta individualmente. O exemplo, acima,

Donau – Rio Danúbio

Dampf – Vapor

Schifffahrt – Navegação

Eletrizität – Eletricidade

Haupt – Principal

Betriebswerkbau – Edifício de manutenção

Unterbeamten – Oficiais subordinados

Gesellschaft – Associação

Associação dos Oficias Subordinados do Edifício Principal de Manutenção dos Serviços Elétricos de Navegação do Danúbio, é uma amostra exagerada da infinita possibilidade de composição de palavras no idioma germânico.

Memorização

Existem três artigos … E você simplesmente terá que memorizá-los. Ao contrário das línguas românicas, em que o final da palavra é geralmente um indicativo do gênero de uma palavra, em alemão não há tais pistas. Os artigos Der, Die e Das são respectivamente para sexo masculino, feminino e neutro. Por exemplo, uma jovem não tem sexo (das Mädchen) na língua alemã, enquanto que um cão é sempre macho (der Hund).

Lembra que eu escrevi ali em cima que não há pistas para saber o genêro das palavras? Então... eu menti. Algumas situações indicam, sim, se a palavra é feminina, masculina ou neutra. Palavras que terminam em -chen ou palavras estrangeiras são geralmente neutras; palavras terminadas em -e ou -heit ou -in têm uma grande chance de serem femininas e palavras terminadas em -er podem ser masculinas.

Finalmente uma dica para quem está aprendendo... Tente visualizar as palavras na cor do gênero delas. Palavras masculinas eu visualizo escritas em azul, palavras femininas eu visualizo em rosa e palavras neutras eu visualizo escritas em branco ou cinza...

Improviso

No idioma alemão nomes, pronomes, artigos e adjetivos declinam dependendo do caso, quantidade e genêro. Além disso, a declinação também pode mudar em combinação com artigos determinados ou indeterminados. Todas estas combinações possíveis dificultam demais a vida de quem quer falar certo e fluente. No ínicio, você irá se pegar fazendo pausas desconcertantes justamente nas situação em que sabe que há uma declinação, mas não se lembra exatamente qual. Neste momento, improviso é tudo: fale rápido, mude a frase ou faça como no Google e aperte o “Estou com sorte”. Faça o que for necessário, mas não deixe de falar. Afinal de contas, você não irá enganar ninguém que você não é um estrangeiro e a comunicação está acima da perfeição.

Falsas amizades

Se você já fala inglês, uma coisa que você terá demais quando começar a aprender alemão será „amigos falsos“. Não exatamente do tipo que apenas te acompanham quando o sol brilha, mas sim do tipo que fazem você crer que está falando uma coisa quando na verdade está falando outra.

O inglês e o alemão compartilham algumas raízes em suas histórias etimológicas, o que significa que muitas palavras são escritas da mesma maneira, mas têm significados muito diferentes. Vejamos alguns exemplos... a palavra Gift significa „presente“ em inglês e „veneno“ em alemão. Outro exemplo é a palavra Hell que significa „inferno“ em inglês e “claro” em alemão. Outro exemplo clássico é a palavra Handy que em inglês significa “útil”, mas em alemão significa celular.

Talvez um dos amigos mais falsos de quem fala inglês e alemão é o verbo bekommen. Escrito ele não apresenta perigo algum, porém falando ele pode confundir demais. Em alemão este verbo é pronunciado de forma muito semelhante a palavra become em inglês. No alemão o verbo significa „receber“, porém em inglês o significado é “tornar-se”.

Imaginação e emoção

Todos nós concordamos que os alemães são seres frios e não possuem jogo de cintura na hora de demonstrar suas emoções. Será? O idioma alemão está cheio de pequenos dizeres para descrever certas emoções. Na Alemanha, se você sentir que o mundo está pesando nos seus ombros, então você está sentindo Weltschmerz (Welt = mundo + Schmerz = dor). Se você é do tipo que gosta de sonhar acordado e se perder em seus pensamentos, aos olhos de um nativo da Alemanha, você está construindo um castelo no ar, um Luftschloss. Loucos têm “uma xícara a menos no armário” (Nicht allle Tassen im Schrank). Se estas palavras e dizeres não desafiam a sua imaginação, então aqui vai uma que certamente irá: Auf dem Schlauch zu stehen (Pisar na borracha), o que significa? A resposta você descobre no nosso Instagram (@batatolandia.de)!

E tudo acaba em salsicha!

Cedo, cedo você irá descobrir que o idioma alemão também possui muitos dizeres envolvendo comida, em particular... Wurst (salsicha). Por exemplo, Alles hat ein Ende, nur die Wurst hat zwei (tudo tem um fim, apenas a salsicha tem dois). E para encerrar este post com estilo,  aí vai o nosso consolo para quem está em crise: In der Not schmeckt die Wurst auch ohne Brot (na emergência, a salsicha também fica bem sem pão).

Hangout 7 | Vagas de emprego na área de Informática
10 super dicas do que fazer em Füssen
Celso Fernandes
Celso Fernandes
Autor
Engenheiro, empreendedor e programador de fim de semana.  Natural de Petrópolis, RJ. Trinta e poucos anos de idade e há dez anos vivendo na Alemanha. Escreveu o primeiro post no Batatolandia em 2008 e desde então não parou mais.

Comentários

Cadastro