Meus favoritos ( 0 )
Caso de Polícia me Leva a Leipzig
Sociedade

Caso de Polícia me Leva a Leipzig

Celso Celso Fernandes
3 de fevereiro de 2013
0

Como vocês podem ver, o novo site está no ar! Não existe forma melhor de celebrar isto do que com um novo post, então vamos nessa!

Há algum tempo eu escrevi um post sobre Fraudes no Ebay da Alemanha, aonde eu narrei um caso de tentativa de fraude com uma transação minha, lembram? Pois bem, desta vez os fraudadores do eBay atacaram de novo, dando início a uma operação de gato e rato que acabou me levando até Leipzig.

Na sexta-feira passada eu recebi um telefonema de um amigo meu desesperado, pois ele havia efetuado a compra de um laptop no eBay e alguns dias depois, ao receber o pacote no seu apartamento, constatou que não havia recebido um laptop novinho e sim um scanner velho! O rolo todo começou algumas semanas antes, quando ele arrematou um laptop de última geração do mesmo vendedor e recebeu a mercadoria sem problemas na sua casa. Após ligar para o vendedor  para agradecer o envio, o mesmo afirmou estar em posse de um outro laptop do mesmo modelo. Como o preço estava muito bom, o meu amigo resolveu arrematar esta segunda unidade para tentar revender e recuperar um pouco da grana gasta com o primeiro laptop. Ele ainda não sabia, mas esta segunda compra o traria  muitos problemas...

Como o vendedor havia sido muito gentil e comunicativo, meu amigo resolveu fazer a transação fora do eBay e depositou os 500 EUR referente ao laptop direto na conta do vendedor misterioso. Tudo parecia correr bem, até ele receber o pacote e constatar que havia sido enganado. Desesperado, ele ligou para o vendedor, que o atendeu com toda a educação e garantiu ter enviado o laptop. Ele disse ainda que faria uma queixa nos correios, pois acreditava que a fraude deveria ter ocorrido não por parte dele e sim por algum funcionário dos correios aqui da Alemanha. Ele também se propôs a reembolsar os 500 EUR imediatamente. Diante de toda esta eficiência, meu amigo ficou tranquilo e aguardou o reembolso que nunca chegou. O curioso é que o vendedor manteve-se em contato o tempo inteirinho e manteve-se sempre disposto a ajudar. Ele também afirmou já ter feito o depósito e disse estar confuso com o motivo pelo qual o dinheiro ainda não havia batido na conta do meu amigo.

Uma semana após o ocorrido, meu amigo ainda não havia recebido o seu reembolso e começou a fazer uma investigação no Facebook. Ele localizou o perfil do vendedor e descobriu aonde ele trabalhava. Descobriu seu nome e através do mapa no Facebook, descobriu também aonde ele morava. Para arredondar a operação investigativa, ele entrou em contato com um membro da paróquia cristã de Leipzig (cidade aonde o suposto vendedor morava) e pediu se alguém poderia ir até o endereço do safado para verificar se o sobrenome dele constava mesmo na caixa de correio. Após dois dias, obteve a confirmação que necessitava e planejou a sua ida até Leipzig. Como tratava-se de uma situação imprevisível, ele me ligou e pediu se eu podia acompanhá-lo, mantendo sempre uma distância, pronto para acionar a polícia, caso algo acontecesse.

Sábado de manhã, um frio do cão, empacotamos a mochila e rumamos no primeiro trem de Braunschweig para Leipzig. Durante as 3 horas de viagem revisamos nosso plano e decidimos ir direto para o sushi bar, aonde o meliante trabalhava. Chegamos em Leipzig ainda pela manhã num frio de muitos graus abaixo de zero e caminhamos até a rua do sushi bar. Esperamos uns cinco minutos, olhamos lá para dentro e constatamos que o nosso alvo já estava lá preparando os seus sushis, sashimis e yakisobas.

Entramos no restaurante e pedimos para ver o cardápio. Meu amigo, então, dirigiu-se ao nosso sushi man e se apresentou como o comprador do laptop desaparecido. Na mesma hora o rapaz de aproximadamente 23 anos parou de cortar pepinos e ficou ali parado olhando perplexo. O meu amigo manteve um tom amigável e não fez escândalo, pois a ideia não era fazer o rapaz passar vergonha no trabalho. Após cinco minutos de conversa, meu amigo voltou a mesa e disse que o cara continua afirmando que já havia feito o depósito. Como um último voto de confiança, meu amigo foi até a agência do banco aonde supostamente o depósito havia sido feito, para descobrir o motivo do "atraso" na transferência. Eu resolvi ficar no restaurante bebendo uma cerveja e fiscalizando o trabalho do nosso sushi boy.

Cerca de meia hora depois, meu amigo volta e diz que o banco não pode dar mais informações, mas disseram que em situações raríssimas o dinheiro poderia levar uma semana para bater. O meu amigo, ainda não acreditando que havia levado uma calça arreada, disse:

- Ainda existe uma possibilidade dele estar falando a verdade e a grana bater na segunda-feira.

Ao ouvir estas palavras esperançosas, eu resolvi fazer o meu papel de amigo e dar um banho de nitrogênio líquido nele:

- É o seguinte, David. Este cara deve estar cagado de pomba, então. Primeiro o maluco põe o pacote no correio e tem a mercadoria roubada, o que por si só é quase impossível e depois o cara deposita o reembolso e tem o dinheiro desviado?? Qual é a probabilidade de dois eventos tão improváveis acontecerem um seguido do outro?? 

A medida que eu fui falando esta palavras, dava pra ver a esperança derretendo do rosto dele. Mas amigo é para estas coisas, não?

Mais uma vez abordamos o vigarista e perguntamos quando ele iria sair do trabalho. Ele disse:

- Ihhh...vai demorar pra caramba. Vou trabalhar até as 18 horas! 

Daí eu já fui logo me metendo e disse:

- Ótimo! Estou com tanta fome que posso comer até o fim do dia. Libera dois rodízios pra gente aí, DJ!

Olha...ficamos horas sentados no balcão do sushi bar. Comemos absolutamente todos os tipos de sushis que eles ofereciam e tenho certeza absoluta que só eu devorei cerca de 40 ou mais unidades. Finalmente deu 18 horas e o nosso amigo não teve como escapar. Deu baixa no serviço e fomos todos 3 direto para a sala de reuniões do restaurante bater um papo. E o mais engraçado é que eu de repente percebi que fui vestido a caráter! Estava com gorro preto, óculos Rayban e casaco preto. Ficou faltando apenas o taco de baseball e um dente de ouro!

Após explicar a situação para o rapaz novamente, meu amigo perguntou pra ele mais uma vez o que havia acontecido e se ele realmente havia efetuado o depósito. O cara manteve-se tranquilo e mentiu descaradamente dizendo que havia feito o depósito e também havia enviado o laptop. O meu amigo, então tirou um documento da pasta e fez ele assinar. Disse que iria esperar mais uns dias e caso contrário iria iniciar um processo contra ele. O rapaz ainda assim ficou tranquilo, assinou o documento e agiu de forma simpática como sempre.

Eu fiquei ali sentado apenas ouvindo e olhando para a cara dele e não conseguindo acreditar o quanto certas pessoas conseguem ser dissimuladas.  Na minha opinião se ele tivesse dito a verdade, que não havia enviado o laptop e nem o dinheiro, eu o teria odiado muito menos. Infelizmente apesar de todas as surpresas e pressões que fizemos nele, ele continuou afirmando estar certo e inclusive assinou um documento que o condenaria caso estivesse mentindo. Com isso, as nossas possibilidades se esgotaram. A única outra coisa que poderíamos fazer agora seria quebrar os dois joelhos dele e ir direto para a cadeia.

A noite caiu em Leipzig e resolvemos retornar para a estação de trem. Infelizmente, meu amigo não conseguiu o seu propósito maior (o dinheiro), mas pelo menos conseguiu, através do documento assinado, uma forma legal de pressionar o seu enganador.

Foi um fim de semana e tanto e eu aprendi bastante com a situação.  O dinheiro acabou nunca chegando, confirmando as minhas suspeitas sobre o cara. Atualmente o caso está na polícia e na mão de um advogado especializado em casos de fraude no eBay. A investigação feita pelos correios para determinar se houve ou não violação do pacote em rota, revelou que o pacote não foi violado e o scanner partiu mesmo desde a origem. Eu sabia!

Galera, aguenta firme aí que em breve vou lançar mais posts. Eu estou com o meu tempo super limitado até o fim de março, porém a partir de abril o site irá realmente decolar! Aproveitem para fazer parte do Fanpage, pois os posts novos aparecem lá! Uma boa semana para todos!

[gallery link="none" size="medium" ids="2370,2369,2368,2367,2366,2365,2364,2362,2361,2358,2359,2360"]
Estudar na Alemanha - Provas na Alemanha
Aprender Alemão - Como começar
Celso Fernandes
Celso Fernandes
Autor
Engenheiro, empreendedor e programador de fim de semana.  Natural de Petrópolis, RJ. Trinta e poucos anos de idade e há dez anos vivendo na Alemanha. Escreveu o primeiro post no Batatolandia em 2008 e desde então não parou mais.

Comentários

Cadastro