Meus favoritos ( 0 )
O que fazer no verão com recordes de temperatura em Berlim
Lifestyle

O que fazer no verão com recordes de temperatura em Berlim

Clarissa Clarissa Gaiarsa
28 de julho de 2019
621
0

Imagem: Samuel Zeller no Unsplash

Recordes de temperatura nesse verão na Alemanha. Em algumas cidades, passando de 40 graus! Como sobreviver a essas ondas de calor e o que fazer para evitar ficar largado no sofá enquanto as temperaturas não baixam e aproveitar esses 3 meses que passam tão rápido? Em Berlim não faltam opções, para todos os gostos e interesses. Vamos listar então algumas delas e vencer este verão que vai entrar para a história!

Não vamos citar eventos da cidade que ocorrem nessa época do ano. Já falamos sobre isso no ano passado nesse outro artigo que vocês conferem aqui.

Lagos, “Praias” e Piscinas

Logos em Berlim

Apesar de não ser uma cidade costeira, Berlim tem muitas opções para se refrescar no verão. São diversos lagos espalhados pela cidade, e as chamadas “praias”, que nada mais são do que um banco de areia ou gramado diante do lago. Algumas dessas praias são fechadas e pagas, mas os lagos são abertos para todo mundo, basta achar seu cantinho, colocar a toalha e se jogar na água. Vale lembrar que os berlinenses não têm muita cerimônia, então não se assustem com gente trocando de roupa na frente de todo mundo, top less de mulheres e até pessoas totalmente peladas. Alguns lagos que destacamos são: Mügelsee, Schlachtensee, Krumme Lanke e Wannsee. Além da área da praia, strandbad em alemão, vários dos lagos possuem outras atividades, como passeios de barco, caiaque e quadras ou espaços para esportes.

Parte de um dos cartões postais de Berlim, a Badeschiff é uma piscina no meio do rio Spree e é um símbolo da modernidade e criatividade da cidade. A área tem uma parte de areia em que as pessoas podem jogar vôlei ou relaxar, e um bar com uma boa oferta de coquetéis. Há também a possibilidade de fazer aulas de yoga e Stand Up Paddle, além de aproveitar as festas realizadas no local (as chamadas open air). O espaço tem o nome de Arena Berlin e possui entrada paga (normalmente 5.50 euros por adulto).

Fora essa incrível piscina no meio do rio, Berlim possui diversas piscinas espalhadas nos clubes de bairros, como a Sommerbad Neuköln, Sommerbad Kreuzberg, Sommerbad Humboldthain, dentre outras. Todas ficam abertas até 19h ou 20h diariamente, até o início ou meio de setembro. Nesse link vocês encontram a lista de todas elas e também os eventos e atividades que estão acontecendo em cada clube: https://www.berlinerbaeder.de/.

Biergarten

Biergarten em Berlim

Pode não ser tão refrescante quanto nadar em um lago ou piscina, mas relaxar em um biergarten é tão bom quanto e ajuda a esquecer do calorzão, ainda mais acompanhado de uma boa cerveja alemã. E são muitas as opções em Berlim. Eu diria que uma das mais interessantes é o Fischerhütte, que fica no lago Schlachtensee. Afinal, depois de se refrescar em um banho no lago, nada melhor do que uma cerveja gelada e uma comidinha para recuperar as energias.

Outro dos favoritos é o Golgatha, localizado no meio do Viktoriapark. Para um dia de muito calor, tomar uma cerveja rodeado por natureza e muito verde, com algumas sombrinhas para fugir do sol quente, é uma ótima pedida. Mais duas alternativas, e que também ficam no meio de parques, são o Café am Neuen See (no Tiergarten) e a cervejaria BRLO, que possui também uma área aberta no parque Gleiesdreieck. No Tiergarten, dá ainda para curtir o rio, passeando de barco ou caiaque. Eles podem ser alugados diretamente no Café.

Além da cerveja, o sorvete

Aldemir Eis em Berlim

Para aguentar temperaturas acima dos 30 graus, um sorvete cai muito bem. E Berlim tem uma sorveteria a cada esquina quase. Tudo bem, não são tantas, mas existe uma quantidade grande delas e muitas com influência do gelato italiano. Algumas sempre citadas dentre as melhores são: Hokey Pokey, no bairro de Prenzlauer Berg, Aldemir Ice Café, perto da famosa Oberbaumbrucke, Eisbox, no bairro de Moabit, e Caffe e Gelato, no shopping Potsdamer Arkaden, na Postdamer Platz. Mas a lista não acaba aí, são muitas sorveterias de qualidade com deliciosos sabores. E não deixam nada a desejar comparando com o sorvete italiano.

Bares e Terraços

Bar em Berlim

E, para finalizar, destacamos algumas dicas de bares para animar a noite quente de Berlim e suar dançando, enquanto o inverno frio e escuro não chega. Um dos lugares mais famosos da cidade, e ponto certo para levar turistas, é o Klunkerkranich, um bar/balada no terraço de um shopping em pleno bairro hipster de Neuköln. Além de vistas incríveis da cidade, o local apresenta festivais de jazz, festas com DJs e shows várias vezes por semana.

Alguns locais sempre mencionados, mas que não podemos dizer muito a respeito, já que nunca fui em nenhum deles, são o Deck5, em Prenzlauer Berg, e o Monkey Bar, que fica perto do zoológico de Berlim. Ambos são no terraço de edifícios e oferecem vistas de outras partes da cidade, diferentes do Klunkerkranich. A lista continua com vários outros bares em terraços de Berlim, mas esse tópico vai ficar para um próximo texto, assim que tivermos chances de conhecê-los.

Para terminar, dois outros locais considerados como “beach bar” e um pouco mais alternativos são o YAAM, com shows de reggae e também muita música brasileira, e o Holzmarkt, que é um espaço alternativo, com vários eventos acontecendo ao mesmo tempo e uma área de “praia” na margem do rio Spree. Aliás, esses dois bares/baladas são bem perto um do outro, no bairro de Friedrischain.

Esperamos que tenham gostado das dicas. Poderia escrever muito mais, pois apesar do verão curto nessa cidade, o que não faltam são opções para esquecer dos 35 graus e aproveitar cada minuto!



Vida após SCHUFA: Como recuperar a sua credibilidade
Auto escolas em Berlim que oferecem aulas em inglês
Clarissa Gaiarsa
Clarissa Gaiarsa
Autor
Soteropolitana e brasileira de nascimento, e italiana no passaporte, sou jornalista, tradutora e produtora de conteúdo, apaixonada por música, línguas e viajar. Já vivi em 5 países: Brasil, Espanha, Estados Unidos, Grécia e atualmente na Alemanha. Adoro compartilhar experiências e ajudar os iniciantes na arte de morar fora do nosso país.

Comentários

Cadastro