Meus favoritos ( 0 )
Um pouco da história de Hamburgo
Destinos

Um pouco da história de Hamburgo

Batatolandia Batatolandia Admin
4 de março de 2020
288
0

Imagem: Julia Solonina

Hamburgo é uma cidade localizada na região norte da Alemanha e apelidada de “o portal para o mundo”. Desde suas origens medievais, Hamburgo tem se posicionado como um centro portuário e cosmopolita de relativa importância. Aqui está tudo que você precisa saber sobre o passado aventureiro e conturbado de uma das metrópoles mais badaladas da Alemanha.

Hamburgo e suas origens medievais

Porto de Hamburgo, Alemanha

A primeira construção a ser erguida no local onde hoje está localizada a cidade de Hamburgo foi o forte de Hammaburgo. Construído no ano 825 entre os rios Elbe e Alster, este forte foi ponto de partida para as missões de São Ansgário que tentou evangelizar a Escandinávia. Infelizmente os Vikings não curtiram muito a ideia e incendiaram o forte em 845. Nos três séculos a seguir, o edifício foi reconstruído diversas vezes apenas para ser destruído novamente pouco tempo depois. Eventualmente no século 12, atividades comerciais ultrapassaram as atividades religiosas e Hamburgo passou a ser um centro de comerciantes.

Grandeza Hanseática

Porto de Hamburgo, Alemanha

Em 1189, o imperador Frederico I Barbarossa concedeu a Hamburgo direitos comerciais especiais, isenções de impostos e privilégios de navegação. Com isso, Hamburgo tornou-se uma cidade imperial livre, um detalhe que seria chave para o crescimento e enriquecimento de Hamburgo nos séculos seguintes.

Nos séculos 13 e 14, a cidade tornou-se um dos principais membros da Liga Hanseática, uma aliança comercial e defensiva de cidades mercantis que dominaram o comércio do Mar Báltico e do Mar do Norte por três séculos. A liga perdeu importância, com a descoberta das Américas, e deixou de existir no século 17. No entanto, Hamburgo conseguiu dominar as novas rotas comerciais, continuou a prosperar e logo superou suas antigas cidades irmãs hanseáticas.

Sucesso e destruição

Porto de Hamburgo, Alemanha

Nos séculos a seguir, Hamburgo continuou a florescer. A bolsa de valores da cidade foi fundada em 1558 e o Banco de Hamburgo em 1619. Hamburgo foi a primeira cidade alemã a introduzir o conceito de seguro marítimo e a primeira a estabelecer um sistema de comboios para proteger navios mercantes em alto mar. No século 19, Hamburgo tornou-se parte do Império Alemão, mas manteve seu status de cidade livre.

Apesar de toda a prosperidade, Hamburgo também sofreu vários contratempos. Em 1810, a cidade foi brevemente anexada ao Império Francês pelas tropas de Napoleão. Em 1842, o Grande Incêndio de Hamburgo destruiu um terço da cidade e deixou mais de 20.000 pessoas desabrigadas. A partir dos escombros, foi construído um novo centro da cidade, seguido pela construção do distrito de armazéns Speicherstadt. A prosperidade perdida em guerras e destroços foi rapidamente recuperada e as rotas comerciais passaram a se estender até as Américas, África e Ásia. Na virada do século 20, a população de Hamburgo havia crescido para um milhão de pessoas.

Além disso, as duas guerras mundiais deixaram seus vestígios na história da cidade. A Primeira Guerra Mundial trouxe o colapso do comércio internacional e a maior parte da frota comercial de Hamburgo foi entregue aos Aliados como reparação da guerra. Durante a Segunda Guerra Mundial, ataques aéreos destruíram 55% das habitações, 80% do porto e 40% da indústria da cidade. Mais de 55.000 pessoas perderam suas vidas, entre elas a comunidade judaica da cidade, que uma vez foi a maior da Alemanha.

Hamburgo nos dias de hoje

Porto de Hamburgo, Alemanha

Nas décadas pós-guerra, Hamburgo contribuiu bastante para o milagre econômico da Alemanha. O porto bem movimentado e o comércio que ele traz continuam sendo a base da riqueza da cidade, mas Hamburgo também emergiu como o centro de mídia de massa, publicação e publicidade da Alemanha. Hoje, é uma cidade internacional e agitada, cujo passado ainda está vivo em seu nome completo: Cidade Livre e Hanseática de Hamburgo.

As mais lindas rotas de trem da Alemanha
Os 5 melhores hostels de Berlim
Batatolandia Admin
Batatolandia Admin
Autor
Este site começou em uma manhã ensolarada, lá em 2008, com o intuito de compartilhar experiências com outras pessoas que talvez, estivessem passando pelo mesmo labirinto de adaptação, característico a tamanha mudança cultural.

Comentários

Cadastro