Meus favoritos ( 0 )
Por que o carnaval da Floresta Negra vale a pena?
Destinos

Por que o carnaval da Floresta Negra vale a pena?

Batatolandia Batatolandia Admin
1 de fevereiro de 2020
316
0

Certamente você já ouviu falar do famoso carnaval da cidade de Colônia e arredores, porém poucos conhecem a tradição carnavalesca dos povoados da Floresta Negra. Originário do folclore da Suíça, sul da Alemanha, França e Áustria, o carnaval da Floresta Negra abrange a rica e extensa história da região. Além do mais, as festividades são realizadas nas aldeias pitorescas, onde, de dezembro a março, a paisagem coberta de neve fornece o cenário perfeito para verdadeiro carnaval de conto de fadas.

Algo que você não verá todos os dias

Máscara de madeira
Máscara de madeira Carnaval de Weigheim, Fonte:Wiki Commons

O carnaval é uma tradição que contagia a Alemanha antes da Quaresma. Este período envolve uma semana de descontração antes do início do jejum cristão, que começa na quarta-feira de cinzas. Na maioria das regiões da Alemanha, o foco do carnaval gira em torno da bebedeira e da alegria. No entanto, no sul da Alemanha, as tradições carnavalescas tendem a ser um pouco mais sombrias e menos engraçadas, principalmente quando comparadas com as de Mainz, Colônia ou Düsseldorf.  

Na região da Floresta Negra, o carnaval foca mais na vida simples dos tempos históricos. Embora desfiles e festas de rua certamente ainda ocorram, há um ar de tradição e história. O carnaval marca também a época do ano em que os maus espíritos do inverno são simbolicamente caçados e expulsos da região. Por este motivo, é comum as pessoas se vestirem de demônios, bruxas e monstros durante o Carnaval da Floresta Negra.

O Carnaval da Floresta Negra é mergulhado em tradição

bexiga de porco
Homem carregando bexiga de porco, Fonte:Wiki Commons

O carnaval na Alemanha remonta à Idade Média e ao início da Idade Moderna, tendo suas origens nas festividades que eram celebradas para consumir os estoques de alimentos perecíveis antes do início da Quaresma. Esses tipos de eventos foram registrados na Europa central já no século XIII. No entanto, durante o período do Iluminismo, o Carnaval, era considerado um costume primitivo e ultrapassado de um passado sombrio e, posteriormente, suas celebrações anuais cessaram.

Não foi até o período romântico que a tradição recomeçou, principalmente em cidades como Colônia, onde foi cada vez mais organizada pela classe média intelectual em vez da classe trabalhadora. No entanto, no início do século 19, em áreas rurais como as regiões da Floresta Negra, alguns dos antigos costumes de carnaval começaram a ser retomados, principalmente pelas classes mais baixas, que se sentiam excluídas de um carnaval elitista e dominado pelo classe média.

É aqui que surge a natureza rica do carnaval desta região. Enquanto, em outras partes da Alemanha, as festividades começam já na quinta-feira antes da quarta-feira de cinzas, a região da Floresta Negra permanece fiel às origens. Na quinta-feira, por exemplo, os locais costumam vestir seus pijamas e sair na rua carregando bexigas de porcos. Por que bexigas? Pois era exatamente na quinta-feira  antes da Quaresma, que os animais eram abatidos, e a bexiga era geralmente a única parte do porco que restava após ser abatido.

Tudo termina em festa

Fantasia de bruxa
Bruxa feliz no Carnaval de Weigheim, Fonte:Wiki Commons

Enquanto alguns elementos tradicionais e o tom carnavalesco das regiões da Floresta Negra diferem do resto da Alemanha, outros elementos parecem não mudar. Particularmente a tradição do desfile de Segunda-feira (Rosenmontag) que marca o auge do carnaval. 

Embalados pela bateria, milhares de habitantes locais desfilam nas ruas em trajes completos e carros alegóricos temáticos.  Os turistas acompanham de perto o desfile que corta as ruas das cidades regionais. No entanto, pular carnaval aqui pode ser um tanto arriscado: alguns mascarados costumam pular dos carros alegóricos e dar banho de confete nos espectadores. Em alguns casos até mesmo raptá-los pro desfile.

Guia completo do Carnaval de Düsseldorf
Como o carnaval de Colônia se tornou o Carnaval de Colônia
Batatolandia Admin
Batatolandia Admin
Autor
Este site começou em uma manhã ensolarada, lá em 2008, com o intuito de compartilhar experiências com outras pessoas que talvez, estivessem passando pelo mesmo labirinto de adaptação, característico a tamanha mudança cultural.

Comentários

Cadastro