Meus favoritos ( 0 )

Publicidade

Flinkster - Carsharing na Alemanha
Lifestyle

Flinkster - Carsharing na Alemanha

Celso Celso Fernandes
18 de novembro de 2016
0

Há quase dois anos, quando estava na China escrevi um posto chamado Carsharing - Uma nova revolução falando sobre carsharing e mobilidade no futuro. Ontem quando cheguei na estação de Frankfurt vi um anúncio do serviço de carsharing do Deutsche Bahn e resolvi postar algumas informações a respeito. Eu não vou explicar novamente o que é carsharing, então se você quiser saber terá que ler meu post anterior ou pesquisar por conta própria na net.

O serviço de carsharing do Deutsche Bahn se chama Flinkster, está disponível em mais de 140 cidades na Alemanha e se destaca pela sua facilidade.  A única coisa que você precisa fazer é se cadastrar no site deles e aguardar o envio do seu cartão de membro do serviço. A assinatura tem validade mínima de 12 meses e custa apenas 10 EUR mensais e se você possui um Bahn Card, ainda ganha 50 EUR de crédito.  Dei uma olhada nas tarifas lá no site e até que os preços estão bem rasoaveis. A tarifa do Smart, por exemplo, tá saindo por 19,50 EUR a diária ou 1,50 EUR por hora. Adicionalmente é preciso pagar uma taxa de 0,26 EUR por KM rodado. Você pode ainda escolher entre vários modelos de veículos elétricos ou convencionais.

Flinkster

Enfim...é uma boa pedida para quem está viajando de trem pela Alemanha e deseja pegar um carro para se movimentar mais rapidamente dentro de cada cidade. Para quem tem Smartphone, é possível baixar uma App gratuita que te ajuda a localizar o ponto de carsharing mais próximo e reservar o seu carro.

Para mais informações, basta acessar o site do Flinkster Carsharing.

Uma lista completa das tarifas você encontra aqui.

O Studienkolleg na Alemanha
Nada como a sutil objetividade alemã
Celso Fernandes
Celso Fernandes
Autor
Engenheiro, empreendedor e programador de fim de semana.  Natural de Petrópolis, RJ. Trinta e poucos anos de idade e há dez anos vivendo na Alemanha. Escreveu o primeiro post no Batatolandia em 2008 e desde então não parou mais.

Comentários

Cadastro