Viajar na Alemanha viajar barato alemanha

Publicado em 3 de janeiro de 2015 | por Celso Luiz F. Fernandes

0

Como viajar barato na Alemanha

Caros leitores,

Feliz ano novo para vocês! Espero que 2015 chegue trazendo tudo aquilo que vocês sempre mais desejaram e que possa ser um ano de paz para todos nós.

Gostaria de iniciar o ano com um post leve, livre e solto! Ui! Sim, já que tem muita gente de férias neste período, achei que seria um momento oportuno para falar de viagem. E já que estamos no assunto de viagem, por que não deixá-lo ainda mais interessante com dicas de como viajar quase “de grátis” por toda a Alemanha e além? Então amarrem suas trouxas e sigam-me por mais esta andança.

Para facilitar a leitura, eu irei dividir este post em 3 partes: estadia, transporte e alimentação.  Preparados? Bora!

Estadia

Antes de você pensar em sair de casa, uma das coisas mais importantes a ser decidida será aonde pernoitar ao longo da sua jornada. Por sorte, a Alemanha é um lugar muito tranquilo quanto a isso, pois possibilita uma penca de opções no que diz respeito a pernoite.

Devido ao fato da Alemanha ser um país evoluído e seguro, você poderá optar por opções que em outros países simplesmente não seriam aconselháveis. Uma destas opções é o couch surfing, por exemplo.

Couch surfing

Para quem ainda não conhece, couch surfing é uma modalidade de viagem aonde você fica hospedado(a) na casa de outros couch surfers completamente de graça! Isso mesmo…de graça! A filosofia por trás do couch surfing, é construir uma rede mundial de viajantes interessados em apoiar uns aos outros. A maioria dos couch surfers são jovens e gente boa, que curtem viajar e tem muitas estórias para contar.

Se você tiver sorte, seu anfitrião te oferecerá um quarto livre, irá ter tempo suficiente para te mostrar a cidade e ainda cozinhar uma refeição típica Alemã. Na pior das hipóteses, você terá que dormir num sofá velho e  terá que se virar com comida e lazer.

Visite o site do couch surfing para mais informações.

Hostel

Se couch surfing não é a sua praia, então existe ainda a opção de ficar em hostel. Hostel é uma modalidade de hotel, adaptado para mochileiros, estudantes e outros andarilhos. Eles costumam oferecer apenas os serviços mais básicos e você pode optar por ficar em dormitórios com 3 a 10 camas.

A Alemanha conta com uma rede de hostel excelente em praticamente toda média e grande cidade. Todos costumam ser bem limpos e muitos chegam atingir nível de hotel mesmo. Eu fiquei muito em hostel viajando pela a Europa e recomendo que vocês deem uma olhada no site do Hostelworld. É simplesmente o melhor portal para encontrar hostel no mundo inteiro. Vocês podem me adicionar lá e ver os hostéis na Alemanha que eu fiquei no passado. Posso recomendar todos. Os quartos em dormitórios na Alemanha costumam sair por 12 EUR por noite e um quarto privado com banheiro pode chegar a 35 EUR por noite.

Visite o site do hostelworld aqui.

Hotel econômico

Se você acha que já passou do tempo de ficar em hostel, mas ainda assim gostaria de economizar uma grana, então existe ainda a opção de buscar um budget hotel ou hotel econômico. Hotéis como da rede Formula 1 ou Ibis, por exemplo, estão espalhados por toda a Alemanha. Na verdade um quarto duplo num hotel desses acaba saindo o mesmo preço que um quarto privado em hostel. A vantagem é que você não corre o risco de acordar no meio da noite com o barulho da galera chegando da balada. A desvantagem, é que estes hotéis costumam ficar em pontos mais distantes da cidade.

Hoje em dia quando eu viajo, costumo optar mais por hotéis desta categoria. Se você souber escolher, poderá inclusive ir uma categoria acima. O meu portal de reserva foi o hostelworld, porém agora migrei para o booking.com. O forte do Booking.com não é exatamente hostel, mas eles tem uma ferramenta excelente para buscar ofertas em diversos hotéis no mundo todo. Quando busco com uma certa antecedência, eu sempre acabo fechando um hotel de 4 estrelas pelo preço de um de 3.

Acesse o Booking.com aqui.

Transporte

Agora que você já conhece as formas de achar uma estadia que caiba no seu bolso, vamos ver como fazer para chegar até o seu destino. Mas uma vez irei citar formas de viagens que recomendo apenas na Alemanha, por tratar-se de um país seguro.

Viajar de carona de carro

Isto pode parecer loucura, mas viajar de carona pela Alemanha é uma coisa bastante segura e muito comum. Em alemão, carona se chama Mitfahrgelegenheit e é uma modalidade tão aceita, que existem inclusive sites, comunidades e apps para facilitar os encontros. Eu já viajei de carona várias vezes e nunca tive problema algum. Uma vez inclusive conheci uma menina que havia estudado com um amigo meu. Que mundo pequeno!

A maioria dos motoristas costuma cobrar em torno de 10 EUR/100 Km. Se você for mulher, eu recomendo, apenas por questão de precaução, viajar com uma motorista mulher ou evitar viajar a noite. Digo isto apenas por uma questão de precaução mesmo, pois nunca ouvi falar de alguém ter tido problemas. Mas…

Ahh outra coisa, no início eu ficava com receio de viajar assim, pois achava que ia ter que ficar batendo papo com o motorista durante toda a viagem. Bom, não é bem assim, você provavelmente irá viajar com outros caroneiros no carro e o motorista costuma respeitar o silêncio dos passageiros. Então relaxe.

Gostou? Então descubra você mesmo(a). Acesse o site do Mitfahrgelegenheit aqui. Recentemente saiu um outro site chamado blablacar. Você pode acessar o site blablablacar aqui.

Pegando carona de trem

No próprio site do Mitfahrgelegenheit, você irá encontrar também pessoas oferecendo carona de trem. Como assim de trem?? É porque na Alemanha é possível comprar uma passagem de trem promocional para até 5 pessoas viajarem com a mesma passagem. A passagem já é rentável a partir de 2 passageiros, daí muita gente compra e fica com lugar sobrando na passagem. Daí é possível postar o trecho no site do Mitfahr para tentar achar alguém para ajudar a custear a passagem. Eu irei explicar o sistema de passagens promocionais a seguir.

Esta modalidade de viagem tem o potencial de sair de graça, se você for cara-de-pau o suficiente. Basta ficar na plataforma dos trens regionais perguntando todo mundo se eles tem passagem promocional (Regional-ticket ou Schönes-Wochenende-ticket ) e se você pode viajar de graça com eles. Em alguns casos, o grupo pode estar concluindo uma jornada antes do fim da validade da passagem e poderá simplesmente passar a passagem adiante pra você.

Para os que não são tão cara-de-pau, basta oferecer para rachar a passagem. Estas passagens especiais costumam custar no máximo 40 EUR por um dia inteiro de viagem. Dividido por 2, saí 20 EUR pra cada. Se o grupo for composto do máximo de 5 passageiros, daí você acaba gastando 8 EUR por um dia inteiro de viagem.

Viajando de Ônibus

Depois de conduzir centenas de pesquisas em laboratório, criar várias simulações em super-computadores em vários centros tecnológicos do país e consultar com profissionais de vários ramos, os alemães acabam de fazer uma grande descoberta: viajar de ônibus!

Durante décadas  o único meio de transporte usado para viagens domésticas foi o trem. Com o preço das passagens de trem atingindo a estratosfera, as viagens de bus tem sido cada vez mais procuradas na Alemanha. Há mais ou menos 2 anos começou esta febre e hoje a infra-estrutura está bastante avançada com sites e apps para compara os melhores preços. Empresas como Flixbus e ADAC Postbus, oferecem passagens compatíveis com o preço de pegar carona de carro. Uma viagem de Frankfurt a Berlin, por exemplo sai por volta de 20 EUR. O único empecilho ainda continua sendo a oferta de destinos. Eu nunca viajei de ônibus na Alemanha, mas já ouvi falar que é bem confortável e algumas linhas tem inclusive internet a bordo.

Veja o site do Flixbus aqui.

Visite o site do ADAC Postbus aqui.

Viajar barato de trem na Alemanha

Viajar de trem na Alemanha é sabidamente caro se:

  1. Você tem pressa.
  2. Você não tem reservas com antecedência.

Passagens de trem expresso (ICE) compradas com bastante antecedência podem custar meros 30 EUR, mas podem facilmente chegar a centenas de Euros se compradas em cima da hora. Se você deseja mesmo viajar de trem, então eu recomendo acessar o site da Deutsche Bahn com pelo menos 3 semanas de antecedência para tentar garantir os melhores preços.

Se você tem tempo e não se incomoda viajar em trem parador, então é possível abrir um leque de promoções que possibilitam que você cubra longas distâncias por preços bem accessíveis. Isto é especialmente verdade para viagens em grupo ou em família. A Deutsche Bahn oferece duas modalidades de tickets promocionais: Schönes-Wochenende-ticket e o Quer-durchs-Land Ticket e os Regional Tickets A diferença entre estes tickets está no preço e no período de validade.

Schönes Wochenende Ticket – é valido apenas nos fins de semana entre meia noite de um dia e 3 da manhã do dia seguinte, custa 40 EUR + 4 EUR por passageiro adicional. Serve para todo trem regional rumo a qualquer destino na Alemanha.

Quer-durchs-Land Ticket – é válido em qualquer dia da semana entre 9 da manhã de um dia e meia noite do dia seguinte. Custa 44 EUR por pessoa + 8 EUR por pessoa adicional. Crianças acompanhadas de pais ou avós não pagam. Serve para todo trem regional rumo a qualquer destino na Alemanha.

Regional Ticket – é válido em qualquer dia da semana, geralmente entre 9 da manhã de um dia e meia noite do dia seguinte. Custa a partir de 23 EUR por pessoa e possibilita a viagem em trem regional dentro de um único estado. Para informações mais exatas, visite o site do ticket, pois há condições diversas para cada estado.

Voando barato na Alemanha

Se você é fan de voar, então você precisa conhecer a Ryanair. Durante todo o tempo que estudei na Alemanha, acho que eu não teria tido a possibilidade de visitar muitos países se não fosse por esta empresa. Em 2008, eu viajei para fora da Alemanha pela primeira vez. Na época, o destino foi Veneza e a passagem saiu por 6 EUR partindo de Bremen. Sim! Eu disse 6 EUR! Depois disso, eu passei a frequentar o site da empresa ferozmente, sempre procurando tais promoções.

A Ryanair também mantém voos domésticos na Alemanha e os preços costumam ser abaixo dos 15 EUR. O inconveniente é que por este preço promocional é possível levar apenas 1 bagagem de mão pesando até 11 Kg. Não é exatamente o mais recomendado para quem está fazendo um tour de 1 mês pela Europa, porém é perfeito para quem já está na Alemanha e deseja apenas tirar uns dias de folga.

Geralmente a Ryanair voa apenas para aeroportos menores, localizados a cerce de 1 hora dos grandes centros, porém todos estes aeroportos tem serviços de transporte para o centro da próxima grande cidade. O transporte costuma sair por volta de 10 EUR em países como Alemanha, Itália e Espanha. Se você comprar a passagem de volta, eles te dão um desconto.

Para reservar já a sua passagem, acesse o site da Ryanair aqui.

Alimentação

Agora que já vimos tudo sobre estadia e transporte, é hora de cuidar de outra coisa muito importante…a alimentação. Se você anda acompanhando o site, então já sabe que mercado na Alemanha é infinitamente mais barato que no Brasil, por exemplo. Ou seja, em geral alimentação na Alemanha não é caro, mas aqui ficam umas dicas para quem quer economizar até o último centavo.

Alimentação DIY

A alimentação do it yourself (faça você mesmo), é a modalidade ideal para o mochileiro hardcore. É extremamente barato viajar assim, pois você evita restaurantes completamente. Se você gosta de cozinhar ou não se incomoda de comer sanduíches, então procure um hostel com cozinha compartilhada.

Dê preferencia para os hostéis localizados perto de supermercados. Desta forma, você pode comprar coisas como pizzas e lasanhas congeladas para a noite e ingredientes para fazer um sanduíche natural para passar o dia.  É uma opção legal também, pois ao passar tempo cozinhando no hostel, você acaba fazendo várias amizades.

Comendo em Imbiss

Em toda cidade da Alemanha, você irá encontrar vários lanchonetes turcas e asiáticas chamadas de Imbiss. Nestes locais é possível comer um Dönner ou uma Curry Wurst ou um arroz vietnamita por menos que 5 EUR. As porções costumam ser generosas e custam menos que comer no Burger King ou MC Donalds. Além do mais, tais lanches já se tornaram parte da cultura Alemã e você ganhará a oportunidade de conhecer o que muitos alemães comem no dia a dia.

 


Sobre o autor

é um brasileiro que foi morar na Alemanha em 2007. Numa manhã fria em Abril de 2008, ele estava entediado no sue apartamento aguardando uma decisão sobre seu visto de estudante. Sem ter muito o que fazer, ele resolveu iniciar um blog para escrever sobre os seus perrengues iniciais na Alemanha. O blog cresceu e virou BATATOLANDIA!



Voltar para o topo ↑
  • viajar na alemanha
  • Fans