Estamos em fase final de construção!!! Não estranhe se cair uma laje ou outra sobre sua cabeça...

Publicidade

Estudar na Alemanha - Financiar estudos na Alemanha

Estudar na Alemanha - Financiar estudos na Alemanha
Salve salve galera,
Parece que este blog está um pouco carente de dicas da Alemanha, né? Pode deixar que a gente vai mudar isso já já. Semana passada eu recebi alguns comentários de leitores que gostariam de vir estudar na Alemanha, mas estariam um pouco preocupados com o custo da viagem. Neste post eu vou tentar dar algumas dicas de como ganhar dinheiro e financiar a sua estadia na Alemanha.

A primeira coisa que você precisa saber e entender é que vir para a Alemanha não é impossível e a vida na Alemanha pode, em muitos aspectos, ser mais barata do que a vida no Brasil. Acontece que a vida no Brasil é tão absurdamente cara que a simples ideia de ir estudar no exterior parece algo que apenas os muito ricos podem alcançar. Isto definitivamente não é verdade e se você estiver disposto(a) a fazer alguns pequenos sacrifícios, é possível sim viver uma vida boa, porém barata aqui na Alemanha.

No momento, o custo de vida para um estudante na Alemanha está em cerca de 600 EUR, o que é o equivalente a aproximadamente R$1,600. Esta quantia pode parecer muito, mas perceba que isto incluí o seu aluguel, o seu plano de saúde, a sua alimentação, o seu transporte, o seu lazer e as suas contas. Eu tenho certeza que o custo é igual ou até mesmo muito mais alto dependendo da cidade aonde você mora no Brasil.  Em 2002 eu fui para o Rio de Janeiro estudar numa universidade particular. Há 10 atrás o meu custo mensal de transporte lá já era de R$250. A mensalidade da minha universidade particular chegava a R$1.100, o meu plano de saúde estava por volta de R$150, o aluguel de um quarto num apartamento próximo a faculdade saía pela bagatela de R$300. Custos com celular e internet e luz somados atingiam no mínimo R$200 e eu nem vou começar a falar da alimentação. A última vez que fui ao mercado no Rio de Janeiro, entrei com R$50 e saí com quase nada de compras! Aqui na Alemanha com o equivalente a R$50 eu como a semana inteira. Se você fatorar a diferença de limpeza, de segurança e de qualidade de vida, então, aí sim verá como a vida aqui é realmente muito mais barata!

Ainda assim, R$1.600 são R$1.600 e nem todo mundo tem esta grana. O que fazer então? A resposta é improvisar e tentar ganhar o seu próprio sustento. Dependendo da região que você for na Alemanha, é possível inclusive viver até com mesmo, mas vamos respeitar a sugestão das autoridades alemães e supor que 600 EUR é realmente o mínimo. Lembrando que o seu custo mensal na Alemanha é proporcional ao local aonde pretende viver. Geralmente as cidades do sul são muito mais caras do que as cidades ao norte. O aluguel de um pequeno apartamento no norte da Alemanha pode sair por 250 EUR, enquanto no sul este mesmo apartamento pode chegar a 500 EUR. Então fiquem ligados e pesquisem bem antes. Fiquem longe de centros como Stuttgart e Munique, aonde o custo de vida é notoriamente alto!

Se você não tem cidadania européia, então o planejamento de como financiar a sua estadia na Alemanha começa antes mesmo de sair do seu país de origem. A escolha do visto vai fazer toda a diferença nesta hora então prestem bem atenção. Levando em consideração que você não está vindo com carta de emprego e não irá casar-se com alemão, então o único visto que irá permitir que você trabalhe legalmente aqui na Alemanha é o visto de estudante ou o visto de Au Pair. O visto de Au Pair não permite que você ingresse numa universidade na Alemanha, ele apenas te dá a possibilidade de vir para cá por um período de um ano para trabalhar como babá na casa de uma família alemã. Se a sua ideia é apenas vir aqui por um tempo para conhecer o país e tentar aprender alemão, então esta pode ser uma boa. Existem várias agências dentro e fora da internet  de recrutamento de Au Pair. Escolha uma que seja séria e procure manter contato com a família que irá lhe hospedar meses antes do seu embarque! A vantagem deste método é que você não terá que se preocupar com hospedagem, comida e outros custos. A desvantagem é que terá que deixar o país após o término de contrato e ficará menos flexível para iniciar qualquer outra coisa durante a sua estadia. Eu acredito que também existe um limite de idade para obter este visto, então procure se informar. Para obter mais informações sobre este visto, acesse o site da embaixada alemã no seu país ou procure um consulado mais perto de você.

Bom...agora que eu já soquei a história do visto de au pair pra fora do caminho, vou me concentrar no que realmente importa para a maioria de vocês, ok? Vamos falar do visto de estudante, que na minha opinião é um dos melhores vistos, pois permite que você estude, faça curso de alemão e ainda trabalhe. Mais uma vez vou pedir desculpa aos meus amigos de Portugal que estão lendo isto aqui e se mijando de rir, pois eles não precisam de nada disso. A única coisa que vou dizer é: continue lendo, pois no final do post tem informação útil para vocês também.

Existe uma série de requerimentos que precisam ser preenchidos para obter o visto de estudante, mas um dos mais importantes é provar a sua capacidade de se sustentar aqui na Alemanha. Existe duas maneiras de fazer isso. A primeira forma de fazer isso é depositando em conta bancária na Alemanha uma quantia equivalente ao seu custo anual, ou seja 600 EUR vezes 12. Se você tem esta grana, então pode para de ler agora e vá ser feliz na Alemanha. Caso contrário, existe ainda uma outra forma mais acessível e bem mais flexível. Você pode fazer um termo de responsabilidade. Para fazer o termo de responsabilidade, você vai precisar achar alguém que tenha um salário equivalente a aproximadamente 3 vezes o total necessário para viver aqui. Esta pessoa pode ser qualquer um. Pai, mãe, tio, avô...não importa. O importante é que ele ou ela tem que comprovar o salário via declaração de renda. Uma vez que você tenha esta pessoa, então dirija-se com ela até o consulado e faça a declaração. Perceba que a pessoa não vai precisar provar que fez o depósito todo mês, ela apenas se compromete a fazê-lo. Com isso, você provavelmente receberá um visto de um ano com permissão de trabalho e sua dor de cabeça irá passar até o momento de renovar o visto já um ano após a sua chegada na Alemanha. Para renovar o visto, você irá precisar de outra declaração e terá que mostrar o extrato bancário dos últimos 2-3 meses. A boa notícia é que estes depósitos NÃO precisam vir de uma conta no Brasil ou qualquer outro país e você terá tido o ano inteiro para trabalhar, certo? Então use a sua imaginação!

Uma vez que você esteja na Alemanha, irá precisar arrumar um trabalho para financiar a sua estadia. Apesar de oficialmente isto não ser permitido, existe muito estudante aqui trampando para pagar as contas no fim do mês. Então como começar? Primeiro pergunte para si mesmo quais são as suas habilidades. Quanto mais habilidade você tiver, maior são as suas chances. Provavelmente o seu primeiro emprego não será o trabalho dos seus sonhos, porém com o tempo você chega lá. Uma boa opção de primeiro emprego é trabalhar em restaurante ou café. Trabalhar em restaurante tem a vantagem de que a maioria dos restaurantes irão te pagar o dinheiro na mão no fim de cada jornada. Geralmente cada jornada irá durar no máximo 8 horas e no fim do dia terá rendido cerca de 50 EUR mais gorjetas. Se você trabalhar 3 dias na semana, terá a grana que precisa no fim do mês e ainda 4 dias semanais para se concentrar nos estudos. A outra vantagem é que como você irá receber a grana na mão, estas horas trabalhadas acabam não sendo contabilizadas no total de dias de trabalho previstos no seu visto!

Quanto melhor o seu alemão, melhor são as suas chances de arrumar trabalho e melhor será a qualidade do seu trabalho, então caia dentro do alemão. Se você fala bem o idioma, pode trabalhar em loja ou supermercado lidando com clientes diretamente. Durante os meses de verão e fim de ano são abertas muitas vagas no setor de serviços e é uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro.

Outra forma de arrumar emprego, é buscar na net por empresas na sua região que buscam estudantes para trabalhos manuais. Geralmente eles pagam uma média de 7,5 EUR por hora. Basta fazer uma busca na net por Aushilfe Jobs e rezar para ter uma empresa perto de você que ofereça estas oportunidades. Talvez isto possa ser um fator também na hora de escolher uma cidade para morar.

Uma mão de obra que é extremamente requisitada aqui na Alemanha é serviço no setor de informática. Se você tem noções de programação então não terá qualquer dificuldade em arrumar serviço aqui que paga muito melhor do que trabalhar em restaurante, por exemplo. Durante muito tempo o meu ganha pão aqui foi trabalhar programando sites para a web e o meu cartão de visita era programação em PHP. Se você sabe fazer isso, então terá uma vantagem incrível. Você terá inclusive a possibilidade de trabalhar como freelancer online fazendo suas próprias horas e escolhendo o tipo de trabalho que deseja iniciar.

Já que estamos falando de trabalho online, então não posso deixar de citar uma plataforma que me ajudou muito e na qual eu ainda estou ativo inclusive hoje. Se você não conhece, então dê uma passadinha aqui oDesk. Esta é uma plataforma que permite você a encontrar serviços nos mais variados ramos. Programação, tradução, redação de texto, etc. O que eu fiz, foi formar uma base boa de clientes através desta plataforma e estabelecer uma relação de longo prazo. Houveram meses em que eu cheguei a ganhar entre 2,000 e 3,000 dólares oferecendo serviços de programação pra web. Como o pagamento é feito em dólar, mesmo que vocês esteja fora da Europa, pode começar a montar sua base e estabelecer contatos. Fica mais fácil de juntar dinheiro numa moeda com um valor mais próximo do euro.

Outra dica de trabalho pra quem é estudante, é procurar vagas de assistentes na própria universidade. Entre nos sites dos diferentes institutos da universidades e procure por vagas de HiWi. O salário de HiWi nem sempre será alto o suficiente para cobrir todos os seus custos, mas já é uma ajuda! Aproveite também para fazer estágio. Qualquer estágio vai durar pelo menos 6 meses e você vai ganhar o suficiente para se manter e ao mesmo tempo melhorar o seu currículo.

Finalmente existe uma forma de trabalho que é o filé mignon dos trabalhos estudantis. Estou falando do trabalho de Werkstudent. A maioria das grande empresas oferecem vagas para Werkstudent e pagam muito bem por isso. Como Werkstudent, você irá trabalhar apenas meio período, adquirir experiência e ainda ganhar no mínimo 10 EUR por hora. Sem contar, que as tarefas são de alto nível e o trabalho é completamente intelectual e não braçal como no Aushilfe. Para arrumar vaga de Werkstudent, entre no site de todas as empresas possíveis e procure por estas vagas. Prepare um currículo atrativo e mande tantos quantos forem necessários. Se você já está um pouco adiantado nos estudos, então melhor ainda serão as suas chances. Se não souber como preparar um currículo para Alemanha então leia o meu post de como preparar currículo e carta de apresentação na Alemanha.

Uma vez na Alemanha, tente demonstrar o seu melhor lado. Seja responsável e execute bem o seu trabalho. Se você for competente, as pessoas aqui irão te ajudar pois mão de obra boa é difícil de encontrar em qualquer lugar do mundo!

Bom gente...é isso aí. Espero que este post tenha esclarecido um pouco mais sobre como você pode fazer para financiar a sua estadia na Alemanha. Saiba que no ínicio, tudo é muito complicado e parece impossível. Você chega aqui perdido com o rabo entre as pernas, mas lembre que cada dia que você sobreviva aqui, é um dia a mais de experiência que você adquire. Aos poucos, você vai aprendendo e traçando o seu próprio caminho. Não sinta vergonha em tentar e lutar pelos seus sonhos, porque todos os nossos sonhos e planos tem apenas 50% de chance de dar certo e é assim com tudo mundo. Mas se você tiver um bom planejamento e estiver bem informado(a), haverá uma probabilidade maior de você cair nos 50% positivos.

Eu vou encerrar o post me colocando a disposição de vocês para qualquer outro esclarecimento. Desejo a todos muita sorte e espero vê-los em breve na Alemanha.


Continue Lendo...