Estamos em fase final de construção!!! Não estranhe se cair uma laje ou outra sobre sua cabeça...

Publicidade

Hangout 1 - Buscando Trabalho na Alemanha

Hangout 1 - Buscando Trabalho na Alemanha
Olá pessoal, Há uma semana eu deixei a Alemanha para vir morar na China. Neste momento não sei exatamente quanto tempo ficarei por aqui ou se jamais voltarei para a Batatolandia. O fato, é que o site continuará existindo, mas com o tempo eu devo me resumir muito mais a responder perguntas do que a investir mais em escrever sobre a vida na Alemanha. Neste primeiro hangout eu respondo as perguntas do Danilo e da Fernanda que estão pretendendo ir para a Alemanha em 2016. Gostaria de adicionar que eles estão fazendo certíssimo de estar planejando tudo com 2 anos de antecedência. Eu fiz a mesma coisa e honestamente acho que foi essa a chave para o meu sucesso. Aqui vão as perguntas feitas pelo Danila e Fernanda. Infelizmente o vídeo está com o áudio adiantado alguns segundos em relação video. Espero que o próximo fique melhor. Quem tiver comentários ou  correções a fazer, queira fazê-lo abaixo. Quem estiver precisando de ajuda, faça como o Danilo e a Fernanda e envie a suas perguntas via Facebook Fanpage. As instruções detalhadas de como fazer para participar você encontra aqui.  
Hallo Celso, Nos chamamos Danilo e Fernanda. Somos formados respectivamente em Comunicação Social e Psicologia. No final do ano de 2013 começamos arquitetar um projeto de viver na Alemanha. Começamos a pesquisar sobre o assunto nos blogs, fórum, comunidades e colegas. Foi estipulado um prazo de dois anos para organização do projeto (pesquisa, custo, documentos, língua, etc.) e a partida para a Alemanha. O período programado seria o segundo trimestre de 2016. Sendo a base do nosso projeto de viver na Alemanha, nos matriculamos em um curso de Alemão e estamos estudando a língua 4-5 vezes por semana. Foi se acordado que ao termino de dois anos, eu e Fernanda estaríamos com um nível B2 no idioma. Financeiramente estipulamos o valor mínimo de 5 mil euros para cada um, para manter os custos iniciais no país. Ao definirmos prazo, quantia, e nível de estudo, passamos então à decidir qual seria a cidade inicial para o nosso ponto de partida – digo partida porque sei que grande parte do projeto será posto em prática lá. Algumas opções de cidades surgiram como: Hamburgo, Bremen, Dresden, Köln, Munique, Nuremberg, Kiel, Brandeburgo, Berlin, Heidelberg, Dusseldorf. Ao pesquisar tais destinos, deparamos que Berlin seria uma cidade com custo de vida atraente se comparado a outras cidades. Ao ler alguns tópicos sobre viver e estudar na Alemanha visualizamos duas formas de ingressar no País com um visto prolongado. 1° Modo - Estudante de curso de línguas
  • Sair do Brasil para Berlin com o visto de turista
  • Pesquisar e nos inscrevermos em uma escola de idiomas em Berlim (Bem provável que seja a Die Berliner Volkshochschulen). Escola esta que possa nós ajudar a ter o visto de estudante que permita trabalhar pelo menos até 4h diárias.
  • Enquanto fazemos nossas aulas de alemão eu pretendemos analisar o mercado e procurar empregos iniciais -small Jobs
  • Comprovar nosso alemão lá (caso ainda não tenhamos saído do Brasil já com a comprovação em mãos)
OBS: Ao longo do período 6 meses (ou 1 ano) de curso, estaríamos procurando algum trabalho que nos possibilite trocar o visto de estudante para o visto de trabalho. Havendo a circunstância de modo que seja proveitoso e\ou necessário, iriamos nos matricular em um curso de mestrado. Ps: Encontramos um passo-a-passo sobre o requerimento do visto de Estudante de línguas em Berlim e estamos nos orientado pelo caminho: http://retotodavidaateberlim.blogspot.com.br/2013/11/como-conseguir-visto-de-estudante-na.html 2° - Visto de Arbeitssuch
  • Sair do Brasil para Berlin com o visto de turista já com os documentos em mãos
  • Dar entrada no processo assim que chegar na cidade (por conta do prazo)
  • Utilizar os 6 meses de busca de trabalho em diferentes ramos.
Ps: Encontramos um passo-a-passo sobre o requerimento do visto Arbeitssuch e estamos nos orientado pelo caminho: http://jadona.blogspot.com.br/2013/02/meu-visto-chegou.html#comment-form  

Perguntas

  1. Gostaria de saber em sua experiência e opinião, dentre os dois modos apresentados qual seria o melhor a ser aplicado por mim e Fernanda? O que você nos aconselha?
  2. Possuímos um certo receio do mercado de trabalho em Berlin. Como você vê o mercado de trabalho na cidade para estrangeiros que se comuniquem em alemão e inglês? Seja na área de Comunicação e Psicologia, como também de modo geral, qualquer emprego.
  3. O que você pensa sobre a escolha da cidade? (Levando em consideração que Berlin seria a cidade que tentaríamos nos estabelecer, porém, caso surja oportunidades em outras cidades nós iremos nos encaminhar para tal cidade.)
  4. A quantia de 10 mil euros está em um valor razoável para duas pessoas a procura de emprego em Berlin?
  5. Gostaria de saber se, por exemplo, quando solicitado este visto, na busca pelo trabalho você consegue um emprego em uma outra área que não da sua formação. Você ainda recebe o visto de permanência (de trabalho) ou apenas só pode arranjar emprego na sua área específica de formação?
  6. Você apenas receberá o visto de trabalho (e\ou o Abeitssuch) se conseguir um emprego na sua área de formação?Podeser uma outra área diversa?
  7. É possível solicitar este visto já estando na Alemanha? Seja como turista nos seus 90 dias ou estudantes de língua.
  8. No momento da entrega do diploma comprovando o nível superior e a formação há algum requisito que seja de alguma Universidade especifica do Brasil? Ex: Sou formado pela Universidade do Estado da Bahia. Basta apenas comprovar o nível de formação na sua Universidade ou eu corro risco deles não aceitarem meu diploma?

Continue Lendo...